Situação

Prefeitura de Manaus instala câmaras frigoríficas em cemitério

O objetivo é manter conservados os corpos de vítimas de Covid-19 que morrerem na cidade e que aguardam vaga para serem enterrados.

A prefeitura de Manaus instalou duas câmaras frigoríficas no cemitério público Nossa Senhora Aparecida, conhecido como Cemitério do Tarumã. O objetivo é manter conservados os corpos de vítimas de Covid-19 que morrerem na cidade e que aguardam vaga para serem enterrados.

As câmaras têm capacidade para armazenar até 60 caixões e começaram a ser utilizadas desde a quinta-feira, 14 de janeiro.

Leia também:
>>> Após falta de oxigênio, Pazuello admite colapso no sistema de saúde de Manaus

No domingo, o secretário Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp), Sabá Reis, informou que Manaus não voltaria a ter enterros em valas comuns diante do aumento de sepultamentos. A Secretaria responsável por administração de cemitérios disse que câmaras frigoríficas seriam instaladas para sepultamentos serem feitos “sem pressa”.

Nesta semana, a prefeitura já tinha ampliado o horário de funcionamento dos cemitérios. Esses locais passam a funcionar até às 18h. A Secretaria Municipal da Mulher, Assistência Social e Cidadania (Semasc) vai instalar no cemitério um micro-ônibus que permanecerá no local 24 horas, para atender as demandas do serviço SOS Funeral dando mais agilidade aos trabalhos.

serviço SOS Funeral oferece gratuitamente cortejo, remoção, translado fúnebre, doação de urna funerária, isenção da taxa do sepultamento e o atendimento psicossocial às famílias no perfil de vulnerabilidade social e econômica, que não podem arcar com os custos nos casos de mortes ocorridas em qualquer circunstância no município de Manaus. 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal