Imunizado

No Vaticano, Papa Francisco recebe vacina contra a Covid-19

As informações são de dois jornalistas próximos ao pontífice. A Santa Sé ainda não confirmou as informações.

O papa Francisco foi vacinado contra a Covid-19 na quarta-feira (13), no primeiro dia da campanha de vacinação organizada pelo Vaticano. As informações são de dois jornalistas próximos ao pontífice. A Santa Sé ainda não confirmou as informações.

De acordo com os jornalistas do jornal argentino La Nacion e da revista jesuíta americana America, ambos especialistas em Vaticano e amigos do papa, Francisco foi vacinado nesta quarta na entrada da sala de audiências Paulo VI, na Cidade do Vaticano.

Já seu porta-voz, Matteo Bruni, anunciou o início da campanha de vacinação para os cerca de 5 mil habitantes e funcionários do Vaticano.

Ver mais: 

>> Papa Francisco autoriza mais funções para mulheres na Igreja Católica

>> Papa Francisco diz que ficou ‘estupefato’ com o ataque ao Congresso dos EUA

>> Papa Francisco se inscreve para tomar a vacina contra à Covid-19

Francisco declarou, em uma entrevista transmitida pela televisão no domingo (10) à noite, que ele já tinha marcado a sua vacinação, descrevendo a oposição à vacina como “negacionismo suicida” e destacando “uma escolha ética” essencial para proteger vidas.

O Papa cancelou todas as suas viagens ao exterior desde o início da pandemia em março de 2020 e questionou a celebração de sua visita ao Iraque, marcada para os próximos 5 a 8 de março.

O Papa emérito Bento XVI, 93 anos, aposentado em um mosteiro dentro do Vaticano, também está entre os primeiros vacinados, segundo seu secretário particular, o arcebispo Georg Gänswein.

De acordo com o chefe da Igreja Católica Apostólica Romana, o imunizante é uma opção ética neste tempo que o mundo vivencia.

Eu também já me inscrevi porque isso deve ser feito.”

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal