Posicionamento

Marília Arraes sinaliza apoio para Raquel Lyra ao dizer que Caruaru poderá ter uma Governadora em 2022

Petista deu opinião sobre disputa para o governo de Pernambuco durante entrevista de rádio.

Primeira mulher na história a disputar o segundo turno na eleição municipal do Recife na última eleição, a deputada federal Marília Arraes (PT-PE) acredita que chegou o momento das mulheres tomarem o protagonismo do cenário político de Pernambuco.

Durante uma entrevista à Rádio Liberdade de Caruaru, Marília deu sua opinião sobre a disputa para o Governo do Estado no ano que vem. “Pode ser que Caruaru tenha uma Governadora em 2022. Vamos ver o que acontece”.

Durante a entrevista, a deputada aproveitou para fazer um balanço sobre sua atuação no ano passado na Câmara dos Deputados e reiterou a disposição para fazer um mandato combativo em 2021.

“2020 foi de muito aprendizado. Trabalhamos duro no plano nacional e local para ouvir as demandas da população e lutar pelos direitos e conquistas e buscar avanços. Vamos aproveitar toda essa experiência positiva para continuar trabalhando por Pernambuco. Caruaru é uma das cidades em que voltarei, com certeza, muitas vezes em 2021”, destacou.

Leia também:
>>>Marília Arraes participa de ato e questiona demissão de Áureo Cisneiros

Marília também lembrou da luta para garantir a proteção social e o apoio econômico à população durante a pandemia da Covid-19.

“Tivemos muitos embates com o Governo Federal, que insiste em manter uma postura negacionista em relação a pandemia. O Congresso também teve uma participação firme. Eu, particularmente, tive uma ação muito importante. Um dos primeiros projetos que pedia o auxílio emergencial, por exemplo, foi de minha autoria”, comentou.

A parlamentar se mostrou confiante com a manutenção do auxílio emergencial a partir de janeiro.

“Um dos condicionantes do nosso partido, o PT, em apoiar o nome de Baleia Rossi foi que ele pautasse o auxílio na Casa. É importante que haja a retomada econômica e, sem o auxílio, não haverá como.”

Por fim, Marília voltou a questionar o Ministério da Saúde sobre a falta de testes em massa para os brasileiros.

“Fiz um pedido importante e, quando voltar a Brasília, vou retomar essas articulações sobre o envio de testagem para Pernambuco”, explicou

A deputada se referiu ao pedido, enviado ao Ministério da Saúde para que parte dos testes de detecção da Covid-19 que hoje estão estocados em São Paulo, com o prazo de validade já estendidos pela ANVISA, sejam enviados para o atendimento da população pernambucana.

Da redação do Portal com informações da assessoria de Marília Arraes

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal