Acidente

Avião cai na Indonésia com 62 passageiros e 12 tripulantes

A viagem duraria cerca de uma hora e 30 minutos. Por volta das das 4h40, no horário local, 14h40 em Brasília, a aeronave desapareceu. Autoridades do país confirmaram a queda da aeronave.

Neste sábado, 9 de janeiro, autoridades da Indonésia confirmaram a queda de uma avião perto da capital do país. Com 62 pessoas a bordo, o Boeing do tipo 737-500 sumiu dos radares quatro minutos depois que decolou.

A viagem duraria cerca de uma hora e 30 minutos. Por volta das das 4h40, no horário local, 14h40 em Brasília, a aeronave desapareceu. De acordo com um site especializado, o avião fazia o voo 182 e perdeu mais de 10 mil pés de altitude em menos de um minuto enquanto rumava à cidade de Pontianak, na ilha de Bornéu.

A informação dada pelo ministro de Transportes da Indonésia, é de que além dos passageiros, a aeronave contava com 12 tripulantes. Segundo informações do G1, não existe nenhum indício que permita determinar as causas da queda da aeronave.

Leia também:
>>>Avião de Bolsonaro tem problemas para pousar em MT

Informação do sumiço

A aeronave, da companhia aérea indonésia Sriwijawa Air, fundada em 2003, decolou de Jacarta na manhã deste sábado (9), mas desapareceu dos radares cerca de quatro minutos após deixar a capital do país.

O Flightradar24, site que disponibiliza a localização de aviões do mundo todo em tempo real, divulgou em redes sociais que o voo SJ182 “perdeu mais de dez mil pés de altitude em menos de um minuto, cerca de quatro minutos depois de partir de Jacarta.”

Um membro do Governo indonésio declarou mais cedo que pescadores encontraram o que aparentam ser destroços de uma aeronave nas águas a norte de Jacarta. A situação está sendo investigada. A aeronave tem 27 anos, segundo dados informados pelo Flightradar24.

Susto

No mês de setembro de 2020, o presidente Jair Bolsonaro contou que o avião presidencial teve problemas ao chegar ao Estado de Mato Grosso por causa da fumaça emitida pelas queimadas no pantanal.

O presidente estava visitando o Mato Grosso na manhã do dia 18 de setembro para participar de um evento em homenagem ao agronegócio em Sinop. Na ocasião, o mandatário foi recebido por dezenas de apoiadores.

“Aqui, quando nosso avião foi pousar hoje, ele arremeteu. É a segunda vez que acontece na minha vida. A outra foi no Rio de Janeiro. E obviamente sempre é algo anormal. No caso, é que a visibilidade não estava muito boa. Para nossa felicidade, na segunda vez, conseguimos pousar”, disse Bolsonaro.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal