Recife

Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa completa 100 dias de funcionamento

Desde quando foi inaugurado, no dia 1º de outubro, já foram realizados 41.183 atendimentos, incluindo consultas ambulatoriais, exames, pequenas cirurgias e internamentos.

O Hospital Eduardo Campos da Pessoa Idosa (HECPI), localizado na Estância, completa, nesta sexta-feira (8), 100 dias de funcionamento.

Ao longo desse período, a unidade também colocou para funcionar serviços inovadores para a população recifense, como atendimento interdisciplinar simultâneo.

Só no ambulatório do hospital, já estão sendo ofertadas consultas de clínica médica, ginecologia, cardiologia, geriatria, urologia, psiquiatria, neurologia, gastroenterologia, pneumologia, proctologia, cirurgia geral e cirurgia vascular, além de outras áreas de saúde, como terapia ocupacional, psicologia, fisioterapia, nutrição, fonoaudiologia e enfermagem.

Nestes três primeiros meses, a unidade, que vem abrindo os serviços de forma gradual, mais que dobrou o número de consultas realizadas e já atingiu a marca de 6 mil atendimentos.

Na área de Apoio ao Diagnóstico, foram mais de 35 mil exames realizados, entre laboratoriais e de imagem, incluindo ecocardiograma, eletrocardiograma, M.A.P.A, ressonância magnética, ultrassonografia e tomografia.

Já no bloco cirúrgico, onde são realizados procedimentos de pequeno porte, como retirada de pequenos tumores e outras lesões de pele, foram mais de 370 cirurgias eletivas realizadas.

Ver mais: 

>> Prefeito João Campos autoriza obras de contenção de encosta no Ibura

>> Triplicação da BR-232 no acesso ao Recife começa a sair do papel

>> Governo de Pernambuco vai distribuir mais um milhão de máscaras

Serviços inovadores

Focado em atender o usuário recifense idoso de forma integral, o Hospital Eduardo Campos tem implementado uma série de serviços inovadores em seu ambulatório, como os atendimentos interdisciplinares simultâneos.

Nessas consultas, os pacientes são atendidos de forma conjunta por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, psicólogos, assistentes sociais e enfermeiros, assistindo o paciente em sua totalidade e possibilitando um planejamento mais eficaz das terapias.

Ainda no ambulatório, a unidade é uma das que dispõe da especialidade de Enfermagem em Estomaterapia/dermatológica, através da qual os profissionais da enfermagem acompanham pacientes com algum tipo de ferida aguda, crônica e complexa. Geralmente são pacientes que passaram por algum tipo de estomia (que é um procedimento cirúrgico para eliminação de dejetos do organismo), com incontinência urinária ou fecal, ou que sofrem com fístulas, catéteres e drenos.

Nesse quesito ainda entram os cuidados com feridas complexas e curativos especiais, normalmente em pacientes que tiveram feridas geradas por problemas vasculares ou outras comorbidades, como diabetes e hipertensão, situações bastante comuns entre os idosos.

Consultas farmacêuticas

Ainda em janeiro, os pacientes do HECPI passarão a contar com o atendimento do farmacêutico clínico no ambulatório, um serviço ainda inédito na rede municipal. Neste tipo de acompanhamento, os usuários passam por consultas de rotina com farmacêuticos no sentido de receber orientação sobre o melhor uso do medicamento, levando em consideração fatores importantes, como interações medicamentosas e adequação do horário de uso das drogas.

Para o público idoso, que muitas vezes faz uso de diversos medicamentos (polifarmácia), esse tipo de atendimento é fundamental para atingir o objetivo do tratamento de forma mais eficaz, pois possibilita o planejamento para o uso do medicamento baseado no perfil de cada paciente.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal