Segurança

Operação Linha Segura: PM faz rondas nos vagões e estações do Metrô do Recife

Os policiais trabalharão no período da folga e serão remunerados pelo Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES), que será custeado pela CBTU.

Quem usa o metrô na Região Metropolitana do Recife (RMR) passa a contar com mais segurança com a Operação Linha Segura, lançada na terça-feira, 05 de janeiro, num convênio entre a Secretaria de Defesa Social (SDS), através da Polícia Militar de Pernambuco e a Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU).

Além de prevenir e reprimir roubos e furtos nas estações do sistema, os policiais vão dar orientações quanto às atividades proibidas, como o comércio ambulante ou quaisquer outras.

Operação Linha Segura com PMPE no metrô do Recife
Metrô do Recife e PMPE dão início à operação Linha Segura. Foto: Divulgação

Lançada pelo comandante do Batalhão de Choque, tenente-coronel Noronha, e pelo superintendente da CBTU em Pernambuco, Carlos Ferreira, a operação ainda conta com policiais de outras especializadas e batalhões de área, como BPRp, ROCAM e BPRv.

“Esse convênio é um marco importante para a CBTU Recife. Estamos muito felizes de poder atender essa demanda, que é uma solicitação antiga dos nossos passageiros e de nossos colaboradores”, afirma o superintendente do Metrô do Recife, Carlos Ferreira.

Operação Linha Segura com PMPE no metrô do Recife
Metrô do Recife e PMPE dão início à operação Linha Segura. Foto: Divulgação

Já o tenente-coronel Noronha  explica que “a PM chegou ao Metrô para resgatar o direito de ir e vir dos usuários desse modal de transporte tão importante; que se utilize o Metrô na base da lei e da ordem”, finaliza.

Leia também:
>>>Paulo Câmara promete nomear duas turmas de 500 novos PMs em 2021

O efetivo irá trabalhar na folga, sendo remunerado pelo Programa de Jornada Extra de Segurança (PJES), não comprometendo o policiamento ordinário feito no entorno das estações.

Operação Linha Segura com PMPE no metrô do Recife
Metrô do Recife e PMPE dão início à operação Linha Segura. Foto: Divulgação

Os policiais ficarão nas estações e em patrulhas móveis dentro dos trens e passaram por treinamento para conhecer o sistema, estarão em comunicação com os seguranças e com a central de monitoramento do Metrô, que fica localizada na sede administrativa da Companhia, em Areias. Atuarão em abordagens preventivas e orientações quanto às atividades proibidas.

Da redação da Portal com informações da PMPE

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal