Empregos

Recife receberá investimentos de R$ 135 milhões com construção de dois novos hospitais do Sistema Hapvida

O Hospital Geral do Recife, que será o maior hospital do grupo, e o Hospital Pediátrico serão instalados na Avenida Agamenon Magalhães, bairro da Boa Vista, e juntos irão gerar mais de 450 empregos diretos.

No fim de um ano desafiador para a saúde e para a economia, o Recife recebe o anúncio de investimentos que vão impactar positivamente e, em larga escala, as duas áreas. Na manhã desta terça-feira, o prefeito Geraldo Julio entregou, simbolicamente, os alvarás de obras de dois hospitais ao vice-presidente Comercial e de Relacionamento do Sistema Hapvida Candido Pinheiro Junior. Com investimento de R$ 135 milhões e geração de 450 empregos diretos durante as construções, o Hospital Geral do Recife, que será o maior hospital do grupo, e o Hospital Pediátrico serão instalados na Avenida Agamenon Magalhães, bairro da Boa Vista. A previsão é que as unidades comecem a funcionar em 2022.

“É um investimento muito importante. O Hapvida chegou aqui há alguns anos, construiu hospitais, pronto atendimento e agora anuncia dois novos grandes hospitais. Um hospital de 200 leitos, um investimento de 100 milhões de reais e um hospital também com quase 80 leitos, um investimento de 35 milhões de reais. A gente vai ver centenas de pessoas trabalhando nessas obras e milhares trabalhando nesses hospitais depois para fazer eles funcionarem”, detalhou o prefeito Geraldo Julio.

Geraldo Júlio
Prefeito Geraldo Julio fez o anúncio do investimento ao lado do vice-presidente Comercial e de Relacionamento do Sistema Hapvida, Candido Pinheiro Junior. Foto: Andrea Rego Barros

“Então a gente fica muito feliz porque é um tempo em que o Brasil precisa de investimentos e o Recife consegue esses investimentos de um grupo consolidado, um grupo sólido, que a gente tem certeza que sabe o que decidiu e vai realizar e executar essas obras. E em breve a gente vai ver esses hospitais prontos, funcionando, gerando empregos e, sobretudo, atendendo as pessoas e oferecendo mais qualidade de vida”, completou o prefeito.

Com um investimento de R$ 100 milhões, o Hospital Geral do Recife terá mais de 32 mil m² de área construída, dessa forma, será o maior hospital em área construída do Sistema Hapvida. A unidade disponibilizará 121 leitos de internação, 20 leitos de UTI, nove salas de cirurgia, 35 poltronas para medicações, 24 leitos de observações e recuperações, 20 consultórios médicos e oito postos de coletas laboratoriais. Além disso, haverá tomografia, hemodinâmica, ECG, sala de suturas e curativos, sala de gesso, raios x, exames de ultrassom, ressonância, leitos de emergências e endoscopias.

Já o Hospital Pediátrico, receberá um investimento de R$ 35 milhões e terá mais de 12 mil m². Em relação a equipamentos, serão 50 leitos de internações, 34 poltronas para medicações, 24 leitos de observações e recuperações, 17 consultórios médicos, 10 leitos de UTI, dois postos de coletas laboratoriais, três salas cirúrgicas, ultrassons, leitos de emergências, sala de suturas e curativos, sala de gesso, tomografia e raio x.

“É um dia muito feliz para todos nós. O Sistema Hapvida hoje tem 36 mil colaboradores diretos, 15 mil médicos, 15 mil dentistas, 45 hospitais, 46 prontos atendimentos, mais de 300 unidades de diagnósticos e imagens em todas as regiões do Brasil. Em Pernambuco, estou muito feliz de dizer que hoje, adicionados a esses números que falei, teremos aqui mais dois belíssimos hospitais: um focado em pediatria e outro, que vai ser o maior do grupo, com 32 mil metros quadrados, o Hospital Geral, de altíssima complexidade, ambos que vão corroborar com a maior rede própria que o Hapvida tem funcionando no Brasil inteiro”, explicou o vice-presidente Comercial e de Relacionamento do Sistema Hapvida Candido Pinheiro Junior. 

Veja Mais 

>>>Governo de Geraldo Julio é aprovado por 61% dos recifenses, diz pesquisa

Geraldo Julio é aprovado por 61% dos recifenses

Governo do prefeito Geraldo Julio (PSB), registra 61% de aprovação da população recifense, de acordo com pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Sociais, Políticas e Econômicas (Ipespe) e divulgada pela Folha de Pernambuco nesta terça-feira, 29 de dezembro.

Restando menos de três dias para concluir o segundo mandato à frente da Prefeitura do Recife, o que lhe deu a oportunidade de governar por oito anos a capital pernambucana, Geraldo foi reconhecido e bem avaliado pela população sobre a entrega de algumas importantes obras como Hospital da Mulher, Hospital Veterinário, os 144 quilômetros de ciclovias e ações como Pro Uni Recife.

Prefeito Geraldo Julio visita obra de saneamento e urbanização da comunidade do Entra Apulso.
Prefeito Geraldo Julio visita obra de saneamento e urbanização da comunidade do Entra Apulso. Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR
Segundo o levantamento, a aprovação do socialista atinge 65% entre o gênero feminino e alcança 57% levando em consideração a aprovação do gênero masculino. Quando é levada em consideração a faixa etária dos entrevistados, Geraldo Julio atinge o seu maior patamar entre os habitantes com 60 anos ou mais (71%), seguido pelos jovens de 16 a 24 anos (64%). 

No grau de instrução, a avaliação positiva do atual prefeito é mais elevada entre os que estudaram até o ensino fundamental (66%) e ensino médio (64%).

Em relação à faixa de renda do entrevistado, Geraldo conta com o melhor patamar de avaliação de seu Governo entre os entrevistados que ganham até dois salários mínimos por mês (64%), seguidos pelos que recebem entre dois e cinco salários mínimos por mês (62%).

Os dados mostram ainda que apenas 33% não aprovam a administração e 6% não sabem ou não responderam ao questionamento.

Leia também:
>>> Governador Paulo Câmara participa de missa de Ação de Graças da gestão Geraldo Julio

Geraldo Julio entrega contenção definitiva de encosta protege moradores do Córrego da Areia e do Alto da Brasileira.
Geraldo Julio entrega contenção definitiva de encosta protege moradores do Córrego da Areia e do Alto da Brasileira. Foto: Andréa Rêgo Barros/PCR

Recife

A pesquisa Folha/Ipespe também questionou os entrevistados sobre o sentimento deles em relação à vida que vêm levando atualmente na cidade. Os dados mostram que 65% deles estão muito satisfeitos/satisfeitos com a vida na Capital.

Nesse caso, a satisfação é de 69% entre pessoas do gênero masculino e de 61% entre o gênero feminino. Os mais satisfeitos são os jovens, entre 16 a 24 anos (70%) e  25 a 44 anos (67%).

Levando em conta o grau de instrução, a maior satisfação é registrada entre os que estudaram até o ensino fundamental (77%) e, ao considerar a faixa de renda, os mais satisfeitos são os que recebem entre dois e cinco salários mínimos (68%), seguidos pelos que recebem até dois salários mínimos (66%).

No quesito satisfação, 34% dos entrevistados afirmaram estar insatisfeitos/muito insatisfeitos e 1% não soube responder à pergunta. Os insatisfeitos são, em sua maioria, do gênero feminino (37%).

Investimentos, Recife receberá investimentos de R$ 135 milhões com construção de dois novos hospitais do Sistema Hapvida
Prefeitura do Recife entrega encosta aos moradores da rua Vale do Senhor/ Foto: Andréa Rêgo Barros/ PCR

Avaliação do Governo

Questionados sobre como avaliam, de forma geral, a administração do Governo Geraldo Julio, 43% dos entrevistados a consideram ótima ou boa, enquanto 35% avaliam a administração como regular. Para outros 20% ela é avaliada como ruim ou péssima e apenas 2% não souberam avaliar, ou não responderam à pergunta.

Entre os que avaliam positivamente, os maiores índices são registrados entre mulheres (46%), entrevistados com 60 anos ou mais (57%), com grau de instrução até o ensino fundamental (53%) e renda de até dois salários mínimos (46%).

Já os que avaliam negativamente, o maior percentual é de homens (21%), entre 25 e 44 anos (23%), com ensino superior (25%) e renda mensal superior a cinco salários mínimos (31%).

A pesquisa quantitativa foi realizada nos dias 26 e 27 de dezembro. Para isso, foi extraída  uma amostra municipal de 800 entrevistados, que preencheram cotas de sexo, idade, localidade e instrução. A margem de erro máxima estimada do estudo é de 3,5 pontos percentuais para mais ou para menos.

Da redação do Portal com informações da Folha de Pernambuco

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal