Números

Pesquisa aponta que 2020 foi o pior ano para o brasileiros

O levantamento de 2020 superou o de 2012, quando, na época, 52% dos entrevistados disseram que o ano tinha sido ruim.

Uma pesquisa da Global Advisor 2021 Predictions revelou que 2020 foi o pior ano para os brasileiros e suas famílias. Segundo o levantamento, pouco mais de sete entre cada 10 pessoas estavam insatisfeitas. Segundo a pesquisa, no histórico, o percentual de brasileiros insatisfeitos com o ano que termina nunca foi tão alto. Do ano passado até este ano, o crescimento foi de 10 pontos percentuais.

O levantamento de 2020 superou o de 2012, quando 52% dos entrevistados disseram que o ano tinha sido ruim. Já em 2020, 72% dos entrevistados expressaram negatividade com referência ao ano . Segundo informações, a percepção brasileira reflete a avaliação global, considerando o ponto de vista de cerca de 16 mil entrevistados de 31 países.

Apesar da negatividade no ano de 2020, os brasileiros estão otimistas para o ano de 2021. De acordo com o levantamento, 81% dos entrevistados disseram que o próximo ano será melhor do que 2020 para si e para a sua família. Ainda de acordo com o estudo, a opinião dos brasileiros é uma das mais positivas. França, Bélgica e Espanha são os países menos confiantes.

O levantamento foi realizado de on-line com 23 mil adultos com idades de 16 a 74 anos de 31 países. As opiniões foram coletadas entre os dias 23 de outubro e 06 de novembro de 2020. Segundo informações, a margem de erro do Brasil é de 3,5 pontos percentuais.

Leia também:
>>>População contra vacina da Covid-19 mais que dobra, segundo Datafolha

Levantamento

O Instituto de pesquisa Datafolha divulgou uma pesquisa no último sábado, 12 de dezembro, o número de brasileiros entrevistados que pretendem ou não tomar a vacina contra à Covid-19. De acordo com a pesquisa, veiculada pelo jornal Folha de S.Paulo, 22% dos entrevistados disseram que não querem tomar o imunizante, isso é mais que o dobro do resultado da última pesquisa, quando o percentual da população era 9%.

Mesmo com o crescimento das pessoas que não querem tomar o imunizante, a taxa percentual dos entrevistados que querem tomar o vacina é maior. Segundo os números do Datafolha, 73% dos entrevistados manifestaram interesse em se vacinar. Apenas 5% dos participantes da entrevista disseram que não sabem se vão tomar a vacina.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal