Novidade

Guarda Municipal de Olinda recebe spray recomendado pela ONU

Equipamento não utiliza pimenta e, por isso, não provoca sufocamento.

A Guarda Civil Municipal de Olinda recebeu esta semana novos sprays, que funcionam com o princípio ativo PSi, tecnologia que permite contenção de agressores e está de acordo com as normas humanitárias prescritas pela ONU – Organização das Nações Unidas. A novidade é que ele não utiliza pimenta, substância ativa na maioria dos aerossóis e por isso é considerado não letal. O equipamento é certificado pela Anvisa – Agência Nacional de Vigilância Sanitária.

“Trata-se do mais importante princípio estabelecido pela ONU para agentes químicos, o da reversibilidade. Ou seja: o produto não deve deixar nenhum tipo de sequela à saúde humana”, explica o Secretário de Segurança Urbana de Olinda, Coronel Pereira Neto

Ele também acrescentou que o treinamento da Guarda tem como base o uso seletivo e racional da força para que se evitem excessos e risco de lesões.

“Isso garante uma resposta proporcional e adequada. E portanto um equipamento deste tipo é um recurso fundamental para nossas operações”.

Guarda Municipal de Olinda recebe spray recomendado pela ONU
Guardas da cidade de Olinda. Foto: Thiago Bunzen

O spray é utilizado para dispersão de manifestações eventualmente violentas causa tosse e ânsia de vômito sem sufocamento. A névoa provocada por ele deixa um odor de capim-santo, inclusive, permitindo sua adoção em locais fechados, como prédios públicos, estabelecimentos comerciais e postos de saúde.

A adoção desse aerossol não letal faz parte de um programa da Prefeitura de Olinda para capacitar e melhorar as condições de trabalho dos guardas municipais. Já foram adquiridos equipamentos de proteção individual, armamento (não letal) e novas viaturas. Os sprays totalizaram um investimento de R$ 11.788,56.

Cruzeiro da Sé restaurado

A Prefeitura de Olinda, através da Secretaria Municipal de Patrimônio, Cultura, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Sepacturde), entrega neste fim de semana o Cruzeiro do Alto da Sé restaurado. A peça do século 18 foi destruída em um ato de vandalismo.

Um ato simbólico será realizado no próximo domingo (27) para marcar a entrega oficial do Cruzeiro do Alto da Sé, no Sítio Histórico de Olinda. Mantendo todos os protocolos contra a Covid-19, é prevista a presença do prefeito de Olinda, Professor Lupércio, e do arcebispo de Olinda e Recife, dom Fernando Saburido, às 10h30.

Ver mais: 

>> Olinda realiza testagens rápidas de Covid-19 nos terminais de ônibus e feiras livres  

>> Prefeitura de Olinda faz alerta aos pais para o prazo de matrículas pela internet

>> Prefeitura de Olinda divulga mensagem e decoração de fim de ano

A requalificação foi financiada através de uma parceria. Os ex-alunos do colégio Academia Santa Gertrudes arrecadaram R$ 18 mil por de uma campanha. O restante do valor do serviço, R$ 10 mil, e todo o apoio necessário para a intervenção, foi custeado pela Prefeitura. A gestão assinou um termo de compromisso com o Ministério Público de Pernambuco (MPPE), em dezembro, firmando esse acordo.

Todo restauro foi realizado Hamilton Martins, profissional especializado na área.

A peça, fica num dos principais pontos turísticos do Sítio Histórico e foi danificada por um homem no último mês de agosto. Os blocos de pedra originais foram encontrados pela prefeitura ao lado do monumento, guardados e utilizados na reforma.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Olinda

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal