De volta

Doria decide voltar após repercussão negativa sobre ir para os EUA no fim de ano

Governador de São Paulo alegou que o retorno é por causa do diagnóstico de Covid-19 do vice-governador Rodrigo Garcia (DEM).

Após confirmação do diagnóstico de Covid-19 do vice-governador Rodrigo Garcia (DEM) na quarta-feira, 23 de dezembro, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB), decidiu cancelar sua licença e retornar a São Paulo ainda hoje.

“Acabo de receber a notícia de que o vice-governador, Rodrigo Garcia, testou positivo para Covid-19”, escreveu no Twitter. “Por conta disso, estou cancelando minha licença e retorno ainda hoje para SP para seguir o trabalho à frente do Governo de SP. Desejo pronta recuperação ao Rodrigo Garcia.”

Leia também:
>>> São Paulo retorna para Fase Vermelha nos dias de Natal e Ano Novo

Doria havia tirado licença de 10 dias, segundo constava no Diário Oficial do Estado de terça-feira (22), para “se dedicar à família”. O analista de política da CNN, Igor Gadelha, apurou que o mandatário chegou a viajar para Miami.

“Durante a sua ausência, o Governo de São Paulo e o Centro de Contingência do coronavírus continuam com suas ações ininterruptas para conter a disseminação do Covid-19”, chegou a afirmar a assessoria do governo em nota.

Entenda

Novas restrições à atividade econômica não essencial foram anunciadas na terça-feira (22), pelo Governo de São Paulo, para frear o avanço da pandemia de covid-19 nas próximas semanas. Todas as regiões do estado estão em alerta devido à evolução de casos, internações e mortes em decorrência do novo coronavírus.São Paulo, São Paulo retorna para Fase Vermelha nos dias de Natal e Ano NovoSão Paulo, São Paulo retorna para Fase Vermelha nos dias de Natal e Ano Novo

Com caráter imediato e temporário, haverá retorno à Fase Vermelha do Plano São Paulo entre os dias 25 e 27 de dezembro e 1º e 3 de janeiro em todo o estado. Nesses dias, somente atividades essenciais poderão funcionar.

Já o atendimento presencial fica proibido em shoppings, lojas, concessionárias, escritórios, bares, restaurantes, academias, salões de beleza e estabelecimentos de eventos culturais. Farmácias, mercados, padarias, postos de combustíveis, lavanderias e serviços de hotelaria estão liberados.

Além do regresso momentâneo à etapa mais restritiva de controle da pandemia, nenhuma região deverá retornar à Fase Verde – a penúltima na escala de abrandamento – durante o mês de janeiro.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal