Reação

Samuel Salazar rebate vereador eleito do Recife que definiu projeto de Geraldo Julio como ‘enganoso’

A ideia enviada visa extinção de secretaria e uma redução de 225 cargos comissionados no município.

Polêmica na Câmara de Vereadores do Recife. Na última quarta-feira, 22 de dezembro, o vereador Samuel Salazar (MDB) rebateu o vereador eleito Alcides Cardoso (DEM). o democrata disse que um projeto enviado à Casa José Mariano, na última sexta, 18 de dezembro, pelo atual prefeito do Recife, Geraldo Julio, era enganoso. O projeto enviado visa extinção de secretaria para a futura gestão do prefeito eleito da cidade, João Campos, no pleito de 2020 e uma redução de 225 cargos comissionados no município.

Em nota, o vereador do MDB fez observações sobre o vereador eleito e afirmou que o projeto trata-se de uma “importante e ousada” restruturação para a nova gestão socialista que inicia em 1º de janeiro do ano que vem.

“Ao contrário da avaliação rasa e desprovida de conhecimento da administração pública pelo futuro parlamentar, o PL 25/2020 apresenta uma das mais importantes e ousadas sugestões de reestruturação de gestão já endereçadas ao Parlamento recifense. Um redesenho que prima pela unificação, desburocratização e atualização de processos – com as fusões e extinção de secretarias e a implementação de uma transformação digital -, que vai ter impacto direto na prestação de serviços à população, com mais celeridade e, sobretudo, com a ampliação do alcance de cada medida a ser adotada pela Prefeitura”, afirmou Samuel Salazar.

“A proposta ainda aponta para mais um importante passo para o profissionalismo da máquina pública, garantindo, sem aumentar o gasto com pessoal, mais competitividade para poder público do município diante do mercado privado na atração dos melhores profissionais para os postos de liderança da gestão, além de promover a valorização dos servidores do quadro próprio , com a criação de cargos específicos para o comando de áreas estratégicas/’, cravou o parlamentar.

Leia também:
>>>Vereadores eleitos no Recife são diplomados virtualmente pelo TRE-PE

Diplomação

Eleitos pelo voto popular e direto nas eleições de novembro, os 39 vereadores do Recife que serão empossados no dia primeiro de janeiro foram diplomados pelo Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE), na manhã desta sexta-feira, 18 de dezembro, e agora estão aptos para o cargo da 18ª legislatura, de 2021 a 2024.
A cerimônia, conduzida pelo presidente do TRE-PE, desembargador Frederico Neves, ocorreu a partir das 10h, quando também foram diplomados os candidatos eleitos a prefeito, João Campos; e a vice-prefeita, Isabela de Roldão.
Por conta do cenário de pandemia, em que os casos de covid-19 vêm aumentando no Estado, a Justiça Eleitoral realizou, excepcionalmente, a cerimônia de diplomação dos eleitos em ambiente virtual e presencial como forma de garantir o distanciamento social recomendado pelas autoridades sanitárias.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal