Restrição

Bares e restaurantes estão limitados a receber até 300 clientes em PE

Medida do Governo do Estado passa a valer a partir deste sábado, 19 de dezembro, e foi comunicada pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

Bares e restaurantes de Pernambuco terão de se adequar a capacidade máxima de atender 300 clientes por estabelecimento a partir deste sábado, 19 de dezembro.

O governo do Estado anunciou medida durante coletiva virtual no Palácio do Campo das Princesas, na última quinta-feira, 17 de dezembro, por meio do secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach.

“A partir de sábado (19), bares e restaurantes poderão funcionar com, no máximo, 300 pessoas. Esses estabelecimentos tinham regras específicas de funcionamento, mas não havia uma quantidade teto. Entendemos que é necessário manter essa atividade funcionando, mas, em conversas com o setor, decidimos adotar medidas de controle”, disse o secretário.

Leia também:
Pernambuco prorroga prazo de Calamidade Pública até o dia 30 de junho de 2021

secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach fala sobre cancelamento de carnaval em Pernambuco
Secretário de Desenvolvimento Econômico, Bruno Schwambach e o Secretário estadual de Saúde, André Longo. Foto: Hélia Scheppa/SEI

Carnaval de Pernambuco

Na mesma ocasião também foi anunciada a suspensão do Carnaval de 2021, em virtude da pandemia do novo coronavírus. A decisão é válida para todo o Estado e teve como base o atual momento epidemiológico e os indicadores da doença.

O secretário estadual de Saúde, André Longo, destacou o peso dessa tomada de decisão, já que o evento é uma das datas mais importantes do calendário estadual.

“Essa não é uma decisão fácil, pois o Carnaval representa muito mais do que uma festa para o povo pernambucano. É fato que, até fevereiro, não teremos a maior parte da população vacinada. E, no atual contexto de pandemia, não há possibilidade de realização de um acontecimento desse porte, que mobiliza multidões e é, pela sua natureza, um momento de proximidade e aglomeração”, pontuou André Longo.

Decreto

Esta semana, o Governo de Pernambuco publicou novo decreto prorrogando o Estado de Calamidade Pública, em razão da pandemia, até o dia 30 de junho de 2021. A validade do novo decreto é de 180 dias e começa a vigorar em 1º de janeiro de 2021.

“Essa é uma medida fundamental para a condução do enfrentamento da Covid-19, inclusive nos esforços logísticos que teremos de fazer para viabilizar a vacinação, e demonstra o compromisso do Governo de Pernambuco com a saúde da população”, ressaltou André Longo.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal