Desempenho

Recife é a 1ª capital do Nordeste a alcançar meta de vacinação contra poliomielite

Com 95,68% de cobertura, a capital pernambucana também é a segunda do Brasil a atingir a meta estabelecida pelo Ministério da Saúde.

Após alcançar a meta de imunizar 95% das crianças de 1 a menores de cinco anos durante a Campanha Nacional de Vacinação Contra Poliomielite, o Recife se tornou a primeira capital do Nordeste e a segunda do Brasil a atingir a cobertura vacinal estabelecida pelo Ministério da Saúde. Até agora, o município vacinou 77.901 crianças, o que corresponde a 95,68% do público-alvo.

A Campanha, na cidade, segue até esta sexta-feira (18) e as doses estão disponíveis em cerca de 140 unidades de saúde da Prefeitura do Recife.

Até lá, a cada dia, duas unidades funcionarão em horário estendido, das 8h às 21h. Nesta quarta (16), a população pode se imunizar à noite nas Policlínicas do Pina e Lessa de Andrade, na Madalena. Já na quinta-feira (17), será a vez do Centro de Saúde Gaspar Regueira Costa, no Barro, e da Upinha Rio da Prata, no Ibura, estenderem o horário.

Na sexta (18), último dia da Campanha, a vacinação noturna acontece nas Policlínicas Salomão Kelner, em Água Fria, e Clementino Fraga, no Vasco da Gama.

Recife é a 1ª capital do Nordeste a alcançar meta de vacinação contra poliomielite
Recife é a 1ª capital do Nordeste a alcançar meta de vacinação contra poliomielite/ Foto: Ikamahã/Sesau PCR

Ver mais: 

>> Petrolina: Prefeitura disponibiliza drive thru de vacinação contra poliomielite

>> Campanha de Vacinação contra Poliomielite no Recife é prorrogada

>> Recife retoma drive-thru para vacinação de crianças contra poliomielite

Poliomielite 

Também conhecida como Paralisia Infantil, a doença é causada por um vírus com evolução rápida de, no máximo, três dias. Acomete, de maneira geral, os membros inferiores. Em Pernambuco, o último caso da doença foi registrado em 1988. O Brasil recebeu o certificado de eliminação da poliomielite em setembro de 1994.

A vacina contra pólio está no Calendário Nacional de Vacinação e as três primeiras doses (da vacina injetável) devem ser aplicadas em crianças aos dois, quatro e seis meses, com reforço da dose oral (gotinha) aos 15 meses e aos quatro anos.

Da redação da Portal com informações da Prefeitura do Recife

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal