Cancelamento

Prefeitura do Ipojuca cancela queima de fogos em Porto de Galinhas e demais praias

Medida tem como objetivo colaborar com o esforço conjunto do Governo do Estado e das prefeituras de todo o Brasil para evitar o aumento da contaminação da Covid-19.

A prefeitura do Ipojuca decidiu, na quarta-feira, 9 de dezembro, o cancelamento da queima de fogos previstos para o réveillon deste ano em todo o município, incluindo a orla de Porto de Galinhas e as demais praias do litoral ipojucano. A medida tem como objetivo colaborar com o esforço conjunto do Governo do Estado e das prefeituras de todo o Brasil para evitar o aumento da contaminação do COVID-19 neste fim de ano.

Na última segunda-feira (07), o Governo do Estado anunciou a proibição, através de decreto, das festas de Natal e Réveillon em espaços públicos. “Com base no atual momento epidemiológico, estamos proibindo a realização de shows e festas de Natal e réveillon, incluindo as realizadas em espaços públicos, condomínios, clubes, hotéis e estabelecimentos afins, com ou sem cobrança de ingresso”, disse o secretário estadual de saúde André Longo.

A Prefeitura do Rio de Janeiro, por sua vez, já havia decidido desde agosto que a famosa queima de fogos em Copacabana também não aconteceria para evitar aglomeração e consequentemente mais infecções.

“Na certeza de que a pandemia ainda não acabou e que precisamos preservar a vida não só povo ipojucano, mas dos turistas que nos visitam, não podíamos ir na contramão das decisões que estão ocorrendo no nosso estado e em todos os pontos turísticos do mundo. Vamos nos cuidar, usar máscara e passar as festas de final de ano com as nossas famílias e com gratidão no coração” afirmou a prefeita do Ipojuca Célia Sales.

Da redação do Portal com informações da Prefeitura de Ipojuca 

Leia também:
>>>Governo de Pernambuco proíbe festas e shows a partir desta terça-feira (08.12)

Decisão estadual

O Governo de Pernambuco, após análise do Gabinete de Enfrentamento à Covid-19, anunciou, na segunda-feira (07), a proibição de shows, festas e similares, com ou sem cobrança de ingresso, independente do número de participantes. Casamentos, formaturas e eventos sociais semelhantes são exceções, e poderão ser realizados, desde que cumpram os protocolos.

A medida, que teve como base o atual momento epidemiológico, vale para todo o Estado, e inclui a proibição de shows e festas em comemoração ao Natal e Réveillon, realizados em espaços públicos ou privados, como condomínios, clubes, hotéis e estabelecimentos afins, com ou sem cobrança de ingresso. O decreto entra em vigor a partir desta terça (08.12), quando será publicado no Diário Oficial do Estado.

De acordo com o secretário estadual de Saúde, André Longo, Pernambuco fechou a semana epidemiológica (SE) 49, no último sábado (05.12), com alta nos indicadores de solicitações de UTI, casos de SRAG, além de aumento nas taxas de ocupação dos leitos, o que configurou a semana como a 3ª seguida com aumento dos patamares epidemiológicos. Na SE 49, houve aumento de 5,6% nos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave, suspeitos para a Covid-19, na comparação com a SE 48, e de 18% em relação à SE 47.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal