Crime

Denúncia: Polícia conclui que imagem de Bolsonaro decapitado é crime

A denúncia foi feita pelo vereador do Rio Carlos Bolsonaro na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. A Polícia Civil concluiu que a imagem foi caracterizada como prática de incitação ao crime.

A Polícia Civil concluiu que a imagem publicada por um perfil no Instagram que mostra o presidente Jair Bolsonaro decapitado foi caracterizada como prática de incitação ao crime, prevista no artigo 286 do Código Penal, e defendeu que o autor deve responder pelo ato.

A conclusão foi feita após denúncia feita pelo vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática. A informação foi divulgada por Carlos em suas redes sociais na manhã de quinta-feira (3).

Ver mais: 

>> Carlos Bolsonaro chama Túlio Gadêlha de menino e pergunta se ele “queima ou torra?”

>> Polícia Federal está investigando Carlos Bolsonaro por propagação de Fake News

>> Ex-assessor de Carlos Bolsonaro é efetivado na presidência da Funarte

Na postagem, o vereador afirmou que a conclusão do inquérito será encaminhada ao Ministério Público, que é quem definirá se oferece a denúncia ou se arquiva a ação. Carlos também revelou que o autor da foto admitiu a autoria da imagem.

“Lembrando que qualquer pessoa pode denunciar tais atrocidades!”, escreveu Carlos.

A denúncia havia sido anunciada pelo parlamentar no dia 16 de novembro, quando Carlos anunciou que havia denunciado um perfil do Instagram por fazer “apologia” ao assassinato do presidente Jair Bolsonaro.

O perfil compartilhou uma imagem publicada por um usuário da rede social que trazia uma drag queen segurando o que seria a cabeça de Bolsonaro decapitado com os olhos fechados.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal