Projeção

“Vamos terminar o ano com mais gente empregada do que dezembro do ano passado”, diz Bolsonaro

Presidente comemorou saldo positivo na criação de emprego formal.

O presidente Jair Bolsonaro disse nesta quinta-feira (26) que as projeções indicam que o país pode terminar o ano de 2020 com mais empregos do que em 2019. Ele comemorou o resultado positivo na criação de empregos formais, segundo balanço do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado pelo Ministério da Economia, que apontou um saldo positivo de 394,9 mil empregos em outubro.Bolsonaro, “Vamos terminar o ano com mais gente empregada do que dezembro do ano passado”, diz BolsonaroBolsonaro, “Vamos terminar o ano com mais gente empregada do que dezembro do ano passado”, diz Bolsonaro

“Desde julho, agosto e setembro, tivemos superávit, saldo positivo, no Caged. Agora, levando-se em conta outubro, o Caged nos deu um superávit de 400 mil novos empregos com carteira assinada. Se nós acreditarmos em projeções, vamos terminar o ano, no mês de dezembro, com mais gente empregada do que dezembro do ano passado. Isso atravessando uma pandemia”, disse durante cerimônia no Palácio do Planalto que marcou o lançamento de um novo sistema de gestão documental digital do governo.

Hoje (26), o Ministério da Economia divulgou que, pelo quarto mês consecutivo, o saldo de geração de empregos no Caged ficou positivo. Foram criadas 394.989 vagas com carteira assinada em outubro, resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos. O resultado é um recorde na série histórica iniciada em 1992.

Ver mais:

>> Covid-19: plano de imunização está praticamente pronto, diz Bolsonaro

Atualmente, a estimativa da população desocupada no Brasil é de cerca de 13,5 milhões, segundo a última edição da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), publicada em outubro pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)

Agência Brasil

Brasil registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

Pelo quarto mês consecutivo, o saldo de geração de empregos ficou positivo. Foram criadas 394.989 vagas com carteira assinada em outubro, resultado de 1.548.628 admissões e de 1.153.639 desligamentos. O resultado recorde na série histórica iniciada em 1992 está no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgado hoje (26) pelo Ministério da Economia.Brasil, Brasil registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubroBrasil, Brasil registra criação de 394,9 mil vagas de emprego em outubro

O estoque, que é a quantidade total de vínculos ativos, em outubro chegou a 38.638.484, variação de 1,03% em relação ao mês anterior. No acumulado do ano, o saldo é negativo em 171.139, decorrentes de 12.231.462 admissões e de 12.402.601 desligamentos.

Dos cinco grandes grupamentos de atividades econômicas, quatro tiveram saldo positivo no emprego em outubro. O principal foi o setor de serviços, que abriu 156.766 novas vagas. No comércio foram criados 115.647 postos; na indústria, 86.426; na construção, 36.296.

 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal