Resposta

Armando Monteiro reafirma apoio a Marília e comunica saída do PTB: ‘Não recebo ordem unida, não aceito cabresto’

Ao declarar voto a Marília no segundo turno, Armando não agradou o presidente nacional do partido, Roberto Jefferson.

O ex-senador Armando Monteiro divulgou uma nota reafirmando o apoio a candidata Marília Arraes  em resposta ao presidente nacional do PTB, Roberto Jefferson, após especulações sobre novo nome que iria comandar o partido em Pernambuco.

Na semana passada, Armando comunicou que iria votar em Marília no segundo turno, em oposição ao PSB, representado por João Campos. O posicionamento, no entanto, não agradou membros do PTB. Nesta segunda-feira (23), Roberto Jefferson formalizou seu convite Coronel Meira para assumir o comando da sigla no estado. Segundo ele, a ideologia de Armando Monteiro “não bate com os princípios do nosso PTB.”.

“Não temos nada a dizer sobre Armando Monteiro, mas a ideologia dele não bate com os princípios do nosso PTB. Então ele [Armando] está sendo retirado”, afirmou.

Em comunicado, Armando Monteiro rebate o PTB dizendo que não admite ordem unida do partido, e portanto, deve se desfilar da sigla.

Ver mais:

>> ‘Armando Neto segue na contramão do que é melhor para a população’, critica deputado Waldemar Borges, do PSB

Leia a nota de Armando Monteiro na íntegra:

“Tomando conhecimento de especulações sobre mudanças no comando do PTB em Pernambuco, que até o presente momento não foram confirmadas, antecipo a minha decisão de me desfiliar em caráter irrevogável do Partido Trabalhista Brasileiro.

Comunico minha decisão, neste momento, ao meu amigo José Humberto Cavalcanti, Presidente Estadual, ao tempo em que reafirmo a minha irredutível decisão de apoiar a candidatura de Marília Arraes à Prefeita, que representa, neste momento, a melhor alternativa para o Recife, interrompendo um já longo, medíocre, e mal sucedido ciclo de gestões do PSB.

Ao longo da minha vida pública, nunca admiti cabresto, nem recebo ordem unida.

Agradeço a todos os companheiros do partido, dirigentes, parlamentares, gestores municipais, vereadores, lideranças e correligionários em geral, que nunca me faltaram, desde que iniciamos essa construção em 2003, sob a liderança do saudoso ex-presidente e empresário, José Carlos Martinez. Estou seguro de que em breves dias, nos reencontraremos”.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal