Caiu

Decisão que afastou diretores da Aneel e do ONS é derrubada pelo TRF1

O magistrado atendeu ao recurso protocolado pela Advocacia-Geral da União (AGU).

O presidente do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF1), Ítalo Fioravanti Sabo Mendes, derrubou na sexta-feira (20) a decisão de um juiz do Amapá determinou o afastamento provisório de toda a diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e do Operador Nacional do Sistema (ONS). O magistrado atendeu ao recurso protocolado pela Advocacia-Geral da União (AGU).Decisão, Decisão que afastou diretores da Aneel e do ONS é derrubada pelo TRF1Decisão, Decisão que afastou diretores da Aneel e do ONS é derrubada pelo TRF1

Na quinta-feira (19), a decisão do juiz federal João Bosco Costa Soares da Silva, da 2ª Vara Cível da Seção Judiciária do Amapá, determinou o afastamento dos diretores em função das quedas constantes de fornecimento de energia elétrica no estado.

O pedido liminar foi feito pelo senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP). Para o parlamentar, a medida é necessária até que a investigação das causas do problema sejam esclarecidas.

Ver mais:

>> Justiça determina afastamento das direções da Aneel e do ONS por apagão no Amapá

>> Aneel autoriza contratação de duas termelétricas para o Amapá

>> Proibição de corte de energia elétrica é prorrogado pela Aneel até 31 de julho

O fornecimento começou a ser interrompido no dia 3 de novembro. Desde então, as cidades passam por um racionamento de energia. Aos poucos, a energia está voltando, mas em forma de rodízio. A falha inicial ocorreu em um transformador que pegou pego e foi totalmente destruído.

A expectativa é que, no sábado (21), o estado passe a receber energia oriunda de uma usina termelétrica. Dessa forma, a carga completa poderá voltar ao normal até 26 de novembros, segundo o Ministério de Minas e Energia.

Da redação do Portal com informações da Agência Brasil

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal