Perseguição

Artigo: Por que o PT persegue Deus?, por Marcio Borba

Assusta-nos conhecer que a história do PT e sua candidata a senhora Marilia Arraes, sempre foi de implacável perseguição a Deus, e por consequência, a seus fiéis, diz Marcio Borba.

Por Marcio Borba

Por ocasião desta campanha municipal no Recife, os eleitores são levados a revisitar a biografia dos candidatos e a história dos seus Grupos Políticos.

Assusta-nos conhecer que a história do PT e sua candidata a senhora Marilia Arraes, sempre foi de implacável perseguição a Deus, e por consequência, a seus fiéis.

Numa dessas informações do passado, verificamos a candidata do PT em pronunciamento na época
como vereadora, propor proibir Deus na Câmara Municipal do Recife.

“Inclusive, na edição no novo regimento me posicionei contra se manter o costume de se ler passagens da Bíblia e se falar no nome de Deus” teria dito a hoje candidata.

Esta linha negacionista, é programática e pragmática do PT. Temos observado que quando não se tem Deus como referência, as ações e falas sempre procuram afastar Deus.

Acho que a presença de Deus incomoda e perturba quem quer praticar os mal feitos.

O que esperar então, para nós cristãos, de uma possível gestão da candidata, se não, sem arrependimento e conversão, a repetição das mesmas perseguições demonstradas no passado?

Subtraindo nossa visão da fé e analisando as informações do histórico recente do PT, numa visão laica, encontramos farta documentação e informações na operação java-jato. Não há mérito, dignidade, bons propósitos ou mesmo inocência nas investigações, nos processos e suas condenações.

A corrupção generalizada que assolou o PT, em grande parte, acredito, cobrou seu preço, e entendo, foi a responsável pela derrocada do partido nacionalmente.

Vem à memória, que o orçamento da prefeitura do Recife é de 6 bilhões de reais, o que proporciona  o futuro prefeito o comando de 24 bilhões de reais, pelos próximos 04 anos. Ora, relendo a relação da candidata e do PT com Deus, aspecto basilar para tomada de decisão para nós cristãos e os  resultados da lava-jato, pragmaticamente, não vejo motivo para se votar nela.

Adicionalmente, na hipótese de vitória da candidata, analisando o curriculum dos possíveis secretários, assessores e gestores, o cenário é desesperador.

Os seus líderes foram condenados por: corrupção, lavagem de dinheiro, obstrução de justiça, organização criminosa, tráfico de influência, entre outros crimes. A começar pelo chefe de todos, o ex-presidente Lula.

Oro, na hipótese de vitória da candidata, para que sejam boatos de redes sociais que esta “equipe” está de malas prontas para desembarcar no Recife.

A eleição na nossa capital nunca foi tão difícil para os conservadores cristãos.

Bem, mais temos outro candidato na disputa. Vamos olhar, ouvir, compartilhar as angústias entre nós da direita e falamos na sequência.

Por Marcio Borba

Ver Mais:

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com