Eleições 2020

No Recife, Marília garante zerar fila de creches com o Programa Florescer

A candidata apresentou o Programa Florescer à essas famílias e garantiu a criação de creches e investimento na educação da primeira infância.

A candidata a Prefeita do Recife, Marília Arraes (PT), participou de um encontro com mães e pais de alunos da rede municipal de ensino, nesta quarta-feira (18), no bairro da Madalena. Marília apresentou o Programa Florescer à essas famílias e garantiu a criação de creches e investimento na educação da primeira infância.

“A primeira infância é a época que o ser humano mais aprende. Vamos zerar a fila de creches no Recife. É uma das propostas do Programa Florescer. Nossa gestão terá um compromisso muito importante com essas famílias.”

Marília também garantiu a criação de espaços nas comunidades para fomentar a educação e garantir empregos para mães das comunidades.

“Vamos criar esses espaços, adaptar imóveis, adequar imóveis que já existem, para que as mães da própria comunidade sejam capacitadas para trabalhar neles, com toda orientação pedagógica, e nutricional para essas crianças.”

Ver mais:

>> Lula diz estar com saudade do Recife e promete voltar para posse de Marília

>> Confira quem ocupará a vaga de João ou Marília na Câmara, em caso de vitória no Recife

>> Reeleito em Jaboatão, Anderson Ferreira declara apoio a Marília Arraes

Marília, No Recife, Marília garante zerar fila de creches com o Programa Florescer
A candidata à Prefeitura do Recife, Marília Arraes/ Foto: PH Reinaux

Um dos objetivos de Marília com o Programa Florescer é reestruturar as escolas municipais, garantir educação de qualidade e investir nos profissionais da educação.

“É preciso valorizar o professor, fazer concurso público, pagar o piso, respeitar o plano de cargos e carreiras. E também oferecer uma merenda de qualidade para as crianças.”

A candidata do PT à Prefeitura também ouviu das mães que a gestão municipal, desde agosto, não está repassando as cestas básicas para as famílias dos alunos matriculados nas escolas.

“Essas cestas básicas deveriam estar suprindo a alimentação que eles tinham nas escolas. Isso não pode acontecer. A partir de janeiro de 2021, a realidade será outra.”

Da redação do Portal com informações da Assessoria de Marília Arraes

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com