Eleições 2020

Confira alguns vereadores que não receberam nenhum voto

Segundo informações, todos os concorrentes a vaga constavam como aptos no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Enquanto vários vereadores e candidatos ao cargo comemoravam o número de votos no resultado das eleições municipais de 2020, realizada no último domingo, 15 de novembro, outras pessoas não tinham nenhum motivo para comemorar, pois não receberam nenhum voto no pleito de 2020. Em Cuiabá, por exemplo, sete candidatos ao cargo de vereador compõem a lista.

Seis, são do partido da Mulher Brasileira (PMB) e um candidato é ligado ao Partido Renovador Trabalhista Brasileiro (PRTB). Todos eles constam como aptos no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Confira os nomes:

Milton (PMB)
Ana Pedroso (PMB)
José Eder Monte (PMB)
Elizabel (PMB)
Juliane Carvalho (PRTB)
José Ribeiro (PMB)

Já no Rio de Janeiro, três candidatos foram os últimos na lista de vereadores. Os concorrentes ao cargo também terminaram a eleição de 2020 zerados quando o assunto é voto. São eles:

Ariel Martins (Podemos)
Kiko Santos (PV)
Rafael Vargas (PSDB)

Em entrevista ao Portal Extra, o candidato Ariel Martins disse que passou por um problema de saúde e atribui o fato a um erro de mau desempenho do partido, o Podemos.

“Foi incompetência do partido. Eu tive um problema médico grave, precisei fazer cirurgia de emergência e impugnei minha candidatura. Procurei a sede do Podemos, na Barra da Tijuca e a mesma não existe mais. E não tiraram meu nome porque senão teriam de retirar mais dois ou três e não deram a mínima para o meu caso. Para completar uma contadora do partido me ligou e querem que eu pague uma multa ao TRE em torno de R$ 400. Eu tenho documentos e atestados médicos provando o meu problema e vou entrar com uma ação contra o partido”, disse.

Leia também:
>>>Eleições 2020: Confira os vereadores eleitos no Recife

Número errado

No estado de Pernambuco, um candidato a vereador da cidade de Ipojuca, no Grande Recife, descobriu no dia da eleição que havia divulgado o número de votação errado.

Rodolfo cornetinha (Avante) realizou a campanha pedindo votos para o número 70963, sendo que o número correto da era 70936. Segundo dados do TSE, O então candidato recebeu 30 votos e não foi eleito ao cargo.

De acordo com o G1 Pernambuco, co candidato a vereador disse que aconteceu um erro do partido no momento da solicitação do número dele ao TRE-PE.

“Esse negócio da campanha, eu peguei o pessoal de surpresa, porque o pessoal pensava que era brincadeira. Eu trabalho como palhaço cornetinha. O número era 70963. Fiz duas músicas autorais, falando o número errado. O pessoal do partido que eu estava era para me ajudar, mas eu não me liguei. Eu não sei quem foi que errou. O número que eu pedi era o 70963. Tem os santinhos comigo”, afirmou.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com