Preso

No Cabo, vereador é reeleito dentro do Cotel; político está preso acusado de rachadinha

Flávio do Fórum foi preso em julho, na Operação Rateio, deflagrada pela Polícia Civil.

O vereador do PL Irmão Flávio, que está preso no Cotel, acusado de rachadinha, foi reeleito no Cabo de Santo Agostinho. Ele era conhecido como Flávio do Fórum. Nestas eleições, ele mudou o nome para Irmão Flávio.

Flávio do Fórum foi preso preventivamente em 22 de julho deste ano, na Operação Rateio, deflagrada pela Polícia Civil. Segundo as investigações, Flávio está envolvido no esquema de rachadinha no próprio gabinete na Câmara Municipal do Cabo. Ele teria se apropriado indevidamente de até 90% dos salários dos comissionados da Câmara.

Ver mais:

>> Vereador Flávio do Fórum (PL) é preso no Cabo e presidente da Câmara, Neto da Farmácia é alvo de operação da Polícia

Flávio é aliado do prefeito eleito no Cabo, Keko do Armazém (PL), que derrotou Lula Cabral no primeiro turno. A bandeira contra a corrupção foi super defendida na oposição contra Lula Cabral

Com 100% das urnas apuradas, confira os números:

  • Keko de Armazém (PL): 47,56%
  • Lula Cabral (PSB): 29,29%
  • Delegado Resende (Podemos): 19,06%
  • Ezequiel do PT (PT): 2,34%
  • Tadeu Anjos (PCdoB): 1,56%
  • Cristiano Romão (PCB): 0,18%
  • Brancos: 4,16%
  • Nulos: 8,31%

Keko rompeu com o prefeito Lula Cabral (PSB) no final de 2019, após o socialista reassumir a prefeitura, por determinação do Supremo Tribunal Federal (STF). O vice administrou o município por cerca de um ano no período em que o prefeito ficou afastado.

Lula Cabral chegou a ser preso no âmbito da Operação Abismo, deflagrada em 2018 pela Polícia Federal para investigar desvios de mais de R$ 92 milhões do Caboprev – Instituto de Previdência dos servidores do Cabo de Santo Agostinho.

O socialista virou réu por corrupção passiva, lavagem de dinheiro e gestão fraudulenta de instituição financeira.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com