Enfraquecida

Esquerda: PT, PSOL, PDT e PC do B não levaram nenhuma capital no primeiro turno

As principais disputas que deverão ser decididas no dia 29 de novembro, serão as cidades de Belém, São Paulo, Recife, Aracajú e Porto Alegre.

Embora a esquerda tenha avançado nestas eleições municipais, nenhum partido conseguiu eleger um candidato no primeiro turno nas capitais brasileiras.

As principais disputas que deverão ser decididas no dia 29 de novembro, serão as cidades de Belém, São Paulo, Recife, Aracajú e Porto Alegre.

No Recife, a votação acirrada definiu Marília Arraes (PT) apoiada pelo ex-presidente Lula, e o primo João Campos da Frente Popular, no segundo turno.

Em São Paulo, Guilherme Boulos do PSOL conseguiu desbancar Celso Russomano (Republicanos), mas não suficiente para vencer Bruno Covas (PSDB) no primeiro turno. O PT, no entanto, está fora da disputa registrando um fracasso eleitoral.

Jilmar Tatto ficou em 6º lugar no pleito na capital paulista, com apenas 8,6% dos votos, atrás de nomes como Arthur do Val (Mamãe Falei), com 9,7% e Celso Russomanno, 10,5%. Covas e Boulos agora seguem na disputa para ver quem vai comandar a capital paulista.

Em Fortaleza (CE), Sarto Nogueiro (PDT) concorre o 2º turno com o Capitão Wagner (Pros).

Quem da esquerda que também não conseguiu levar o primeiro turno e vai para o segundo, é a ex-candidata a vice-presidente Manuela D’Ávila (PC do B) contra Sebastião Melo (MDB).

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com