Eleições 2020

Apoio de Bolsonaro provoca queda de Delegada Patrícia no Recife

Com o anúncio do apoio, Patrícia caiu e voltou a quarta colocação.

A derrota da Delegada Patrícia (Podemos) nas eleições municipais do Recife poderá ser explicada por vários motivos. Mas, concidentemente após o apoio oficial do presidente Jair Bolsonaro, a Delegada caiu nas pesquisas.

Antes do apoio do presidente, a candidata chegou a empatar com Marília Arraes (PT) na segunda colocação e ultrapassar o ex-ministro Mendonça Filho (DEM). Com o anúncio do apoio, Patrícia caiu e voltou a quarta colocação.

No final da votação, a Delegada terminou a apuração em quarto lugar afirmou que não apoiará nenhum dos candidatos que farão o segundo turno no Recife.

Ao chegar no comitê na noite deste domingo (15), a Delegada Patrícia foi enfática sobre o posicionamento num segundo turno.

“Eu mantenho minha coerência. Não subo em palanque nem do PSB e nem do PT. A gente tem que ver o que vai ser o resultado da apuração, mas de antemão, já adianto que PT e PSB não terão meu apoio nem hoje e nem nunca”, afirmou.

Bolsonaro apaga post em apoio à Delegada Patrícia

O presidente Jair Bolsonaro apagou no domingo (15) uma publicação que tinha feito ontem em sua página no Facebook, na qual indicava em quais candidatos ele “votaria” pelo Brasil nas eleições municipais de hoje.

Em Recife, a escolhida foi Delegada Patrícia (Podemos). Já em Fortaleza, o preferido de Bolsonaro era o Capitão Wagner (Pros), e em Belo Horizonte, Bruno Engler (PRTB). Fora das capitais, ele ainda indicou Ivan Sartori (PSD) em Santos (SP).

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com