Eleições 2020

“Os tempos sombrios das gestões desastrosas do PT e do PSB vão acabar”, diz Mendonça após debate na TV Jornal

De acordo com o democrata, o isolamento social causado pelo coronavírus apenas mostrou uma dura e grave realidade de descaso e desprezo com a população recifense.

Na última semana da campanha eleitoral do primeiro turno nas eleições municipais, o candidato a prefeito, Mendonça Filho (DEM), reafirmou, durante debate realizado pela TV Jornal, nesta terça-feira (10/11), seu compromisso de tirar o Recife do atraso e do abandono, resultado de 20 anos de gestões fracassadas do PT e do PSB. O democrata garantiu que a capital pernambucana começará a recuperar seu protagonismo a partir de 1º de janeiro de 2021.

“Hoje, mostramos mais uma vez ao eleitor quem é o mais preparado para gerir nossa cidade nos próximos quatro anos. Os tempos sombrios das gestões desastrosas do PT e do PSB vão acabar, esse continuísmo de desprezar e maltratar a população e a cidade vai acabar. A partir de 1º janeiro de 2021, o Recife vai iniciar sua recuperação comigo, com uma gestão séria, honesta, voltada para o povo recifense. A população pode ter essa certeza sem medo de errar”, declarou.

Na avaliação de Mendonça, os temas abordados durante o debate, sobre as principais demandas da população e da cidade, serviram para acabar com as dúvidas que ainda restam nos eleitores, nessa reta final do primeiro turno do pleito. De acordo com o democrata, não há mais espaço para o erro, tendo em vista o cenário de abandono e desprezo gerados nas últimas duas décadas pelas gestões de esquerda no Recife. Ele lembrou, durante os questionamentos, que o Recife sofreu severas e graves reduções nos índices de educação, geração de emprego e renda, segurança e saúde, no período de 20 anos do consórcio PT/PSB.

“A educação está entre as piores no ranking em todo o Brasil, a saúde agoniza com a falta de unidades de atendimento, profissionais e medicamentos, a mobilidade parou o tempo, basta olhar o projeto inacabado do BRT e os quase R$ 500 milhões gastos pela gestão socialista, para nada. O Recife se tornou a capital do desemprego muito antes da pandemia da Covid-19, a gestão de Geraldo Júlio, que João Campos quer continuar, por que é o candidato do continuísmo do PSB, nada fez para socorrer os trabalhadores e suas famílias. Nunca houve tanto desprezo pelo povo”, afirmou Mendonça.

De acordo com o democrata, o isolamento social causado pelo coronavírus apenas mostrou uma dura e grave realidade de descaso e desprezo com a população recifense.

“A pandemia da Covid-19 escancarou todos os problemas da gestão socialista. O resultado está aí, seis operações da Polícia Federal investigando desvio de recursos públicos, compra de respiradores testados em porcos e sem aval da Anvisa, compras superfaturadas de máscaras e luvas. Desprezaram a atenção básica na saúde e gastaram milhões em hospitais de campanha ineficientes. Isso vai acabar, o Recife voltará a ser a capital da boa gestão, e não da corrupção”, ressaltou.

Para o democrata, não é mais o momento de a população arriscar e botar na prefeitura candidatos que, além de não terem a experiência, preparo e poder de decisão que o cargo de prefeito exige, desconhecem o Recife e sua população. De acordo com Mendonça, para governar a capital pernambucana é necessário, além de ter os requisitos de bom gestor, ir até o povo e ouvi-lo, conhecer suas carências, dar a oportunidade para os que mais sofrem ajudarem na construção de uma cidade mais sustentável, viável economicamente, culturalmente e socialmente.

Por fim, Mendonça reforçou que a população conhece história de trabalho e capacidade de gestão em todos os cargos públicos que ocupou, o mais recente como ministro da Educação.

“O meu legado como ministro da Educação é a comprovação da minha experiência para fazer as entregas que a população do Recife precisa, quer e deseja. Na área de educação, com uma mudança radical, na saúde, com carência principalmente nas comunidades mais pobres, na mobilidade urbana e na geração de emprego e renda”, destacou. “Sou ficha limpa, tenho condições efetivas de levar adiante esse projeto de mudança e vou devolver o Recife aos recifenses”, completou.

>>Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas no Recife

No Recife, foram homologadas onze candidaturas ao pleito municipal nas eleições de 2020. O Portal de Prefeitura traz um Guia para que você conheça todo(a)s o(a)s candidato(a)s, vices, coligações e o perfil de cada um dos postulantes à prefeitura da capital pernambucana.

O  prazo para que os partidos políticos apresentassem as chapas que irão concorrer a disputa majoritária e proporcional foi encerrado na quarta-feira (16), conforme o calendário eleitoral.

Entre os prefeituráveis, as eleições deste ano trouxe várias curiosidades. A disputa varia de delegada a coronel, de ex-ministro a novata, além de primos concorrendo um contra o outro. O campo de debates está aberto até o dia 15 de novembro ou até 29 de novembro, em eventual segundo turno.

 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal