Proposta

Eduardo da Fonte apresenta PL para barrar aumento desproporcional na conta de luz

O deputado federal protocolou um projeto de lei que altera a base de cálculo de reajuste do valor da tarifa de energia elétrica.

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP-PE) protocolou o PL 5065/20 que altera a base de cálculo de reajuste do valor da tarifa de energia elétrica, tornando a conta mais vantajosa para os consumidores. Hoje, uma das bases de cálculo usada pela ANEEL é o IGP-M, que deve fechar o ano com alta de 20%.

O deputado propõe a inclusão do IPCA, estimado para subir 2,5%, e estabelece que o cálculo deve ser feito considerando o índice que for mais vantajoso para o usuário.

“Não podemos aceitar esse índice tão alto do IGP-M pressionando a tarifa. Nossa proposta deixa o cálculo mais próximo da realidade do brasileiro. As famílias não têm condições de suportar um reajuste tão elevado, especialmente nesse momento difícil que estamos atravessando”, explica Eduardo da Fonte.

Leia também:

>>> Eduardo da Fonte solicita ao governador para baixar preço de medicamento mais caro do mundo
>>> Eduardo da Fonte solicita criação de banco de leite em Quipapá

O parlamentar destaca ainda que acionou o governo federal e a própria ANEEL para barrar o reajuste descolado da realidade e da inflação oficial.

“Esse aumento fora da realidade da conta de luz com certeza trará agravamento da crise social que o Brasil está passando”, ponderou Eduardo da Fonte.

Da redação do Portal com informações da assessoria do deputado

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal