Posicionamento

Greenwald afirma que percepção da esquerda sobre Biden está errada

O jornalista afirmou que o presidente eleito dos Estados Unidos "tem 50 anos no poder, e é muito claro o que ele vai defender, qual ideologia vai implementar".

O jornalista Glenn Greenwald, um dos fundadores do The Intercept, afirmou que a percepção da esquerda sobre o presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, está ‘completamente errada’. A declaração foi dada ao jornal Folha de S.Paulo.

“Política não é sobre quem você gosta como ser humano. Biden tem 50 anos no poder, e é muito claro o que ele vai defender, qual ideologia vai implementar”, declarou. Segundo Greenwald, Biden não é socialista e não é ‘Lula, não é Evo Morales’ e também “não é contra a guerra”.

O jornalista comentou que Biden “foi o senador democrata mais influente nas questões da guerra [do Iraque]”. “Ele apoiava a invasão do Iraque veementemente. O apoio que ele deu a Bush foi crucial para persuadir outros senadores democrats a votarem a favor da guerra”, acrescentou.

Leia também:

>>> Joe Biden eleito 46º presidente dos Estados Unidos da América
>>> Ex-presidentes americanos parabenizam Joe Biden pela vitória na eleição
>>> Mourão diz que Bolsonaro reconhecerá vitória de Biden “na hora certa”

Apesar da declaração, Greenwald afirmou que ficou feliz com a derrota de Donald Trump, porque isso significa o enfraquecimento da direita no mundo.

“Trump é uma pessoa horrível. É racista, tem muito preconceito. Como presidente, é perigoso. Não tem crenças fortes, não tem ideologia nem religião. Não é como Bolsonaro, que tem crenças muito fixas. Ele conhece o sistema político mais do que Trump. Bolsonaro é mais perigoso que Trump, porque o sistema americano é mais forte para resistir a pessoas que querem ser autoritárias, ditadoras, racistas”, acrescentou.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal