Conquista

Olinda é destaque nacional em ampliação de investimentos na educação

De acordo com o levantamento, divulgado nessa segunda-feira, 2 de novembro, a cidade pernambucana foi a única do Nordeste a ampliar em mais de dois pontos percentuais o orçamento para este segmento.

O município de Olinda, na Região Metropolitana, figura como destaque nacional no panorama de investimentos na educação. De acordo com o levantamento, divulgado nesta segunda-feira, 2 de novembro, extraído do Sistema de Informações Contábeis e Fiscais do Setor Público Brasileiro (Siconfi), do Tesouro Nacional, a cidade pernambucana foi a única do Nordeste a ampliar em mais de dois pontos percentuais o orçamento para este segmento.

Olinda é destaque nacional em ampliação de investimentos na educação
Foto: Divulgação

Os dados apontam que oito entre dez grandes cidades brasileiras decaíram no sentido contrário e diminuíram o peso no setor nos últimos anos. O comparativo se baseia em informações disponíveis das últimas duas gestões de prefeitos das 95 cidades brasileiras, com mais de 200 mil habitantes.

Leia também:

>>> Escola em Olinda conquista o segundo lugar do prêmio Gestão Escolar
>>> Pesquisa Ipespe para prefeitura de Olinda aquece eleição na cidade

No apontamento, Olinda figura com atuais 4,59 pontos, liderando o ranking, o que a coloca no seleto grupo de 17% das maiores cidades brasileiras que melhoraram. O reflexo assinala em aportes na Educação Infantil e no Ensino Fundamental I e II.

Conforme a Secretaria de Educação de Olinda, o município registra diversos pontos favoráveis com a aplicação dos investimentos mencionados, entre eles, está o maior crescimento da história da cidade no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB); a criação de escolas em tempo integral; a climatização de 100% das creches municipais; a abertura de oito novas escolas e a requalificação de outras 25 unidades; o pagamento do piso salarial dos professores e a qualificação gratuita de mais de três mil alunos em cursos de informática e idiomas.

Além de Olinda, figuram na lista, entre as que mais se destacaram, os municípios de Vila Velha (ES), Maringá (SP), e Mauá (SP). Já no ressalto negativo do levantamento estão as cidades de Porto Alegre (RS), Taubaté (SP), Montes Claros (MG) e Caucaia (CE), que reduziram em mais de seis pontos percentuais o peso da educação no orçamento.

Da redação do Portal com informações da prefeitura de  Olinda 

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal