Críticas

“Patrícia Domingos não quer que o povo saiba a verdade sobre ela”, confronta Alberto Feitosa

O coronel afirmou que a também postulante entrou com uma ação judicial solicitando a retirada de uma postagem que julgou ser prejudicial para a sua campanha.

Em suas redes sociais, o candidato a prefeito Alberto Feitosa (PSC) afirmou que a candidata Patrícia Domingos (Podemos) entrou com uma ação judicial solicitando a retirada de uma postagem que julgou ser prejudicial para a sua campanha.

A publicação dizia que Patrícia Domingos entrou com um processo contra o Estado para ter direito de receber o salário sem precisar ir trabalhar, já que a candidata alegou ser hipertensa e, consequentemente, do grupo de risco de contágio do coronavírus. Porém, a candidata foi às ruas fazer campanha política assim que teve início o processo eleitoral, mesmo com a pandemia, aponta Feitosa.

“A Delegada Patrícia não quer que o povo saiba a verdade. Quis ficar em casa durante a pandemia, e ganhando dinheiro do estado sem trabalhar. Alegou que não poderia trabalhar por ser hipertensa, mas quando as campanhas foram liberadas ela estava na rua abraçando o povo. A verdade dói, mas o nosso povo precisa saber!”, afirmou Feitosa em resposta a ação judicial para retirada da postagem.

Ainda em sua publicação, Feitosa falou que Patrícia Domingos chamou o Recife de “Recifilis” e os recifenses de “gente feia”.

“A própria Patrícia assumiu que fez postagens chamando o Recife de ‘Recifilis’, além de dizer que só não atira pra matar na nossa gente porque é proibido atirar”, disse Alberto Feitosa.

Ver mais: 

>> Coronel Feitosa desqualifica resultado das pesquisas eleitorais no Recife

Da redação do portal com informações da assessoria do candidato

Coronel Feitosa assina pacto por eleições transparentes na OAB

Na tarde da última terça-feira, 27 de outubro, o Coronel Feitosa (PSC) esteve acompanhado do seu vice, o Pastor Wellington Carneiro, e compareceu a um encontro na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) para assinar dois documentos: o pacto por eleições transparentes e algumas propostas ofertadas pela OAB-PE para melhoria da entidade.

O pacto por eleições limpas e por uma gestão transparente visa conscientizar o candidato a realizar uma campanha eleitoral correta e propositiva, sem fake news, abuso de poder econômico, político e dos meios de comunicação ou de qualquer instrumento contrário à lei e à democracia.

Outros tópicos abordados neste documento citam o compromisso do candidato caso o mesmo seja eleito, entre eles a execução do mandato com ética e transparência, para exclusivo atendimento do interesse público, sem haver qualquer tipo de desvio de dinheiro, e a execução integral dos compromissos assumidos durante a campanha.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com