Tranquilizou

“O governo vai comprar a vacina chinesa, lógico que vai”, garante Mourão

Vice-presidente disse que a polêmica envolvendo a vacina é briga política de João Doria.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, apaziguou a questão da compra da vacina chinesa. Ele garantiu, em entrevista concedida à revista Veja, que o governo federal vai adquirir os imunizantes e disse que polêmica envolvendo a vacina contra o coronavírus, é briga política com o governador de São Paulo, João Doria (PSDB).

Essa questão da vacina é briga política com o Doria. O governo vai comprar a vacina, lógico que vai. Já colocamos os recursos no Butantan para produzir essa vacina. O governo não vai fugir disso aí.

Declaração de Mourão foge do posicionamento do presidente Jair Bolsonaro, que tem batido de frente com Doria sobre a distribuição da vacina.

Para Mourão, não há problema de o imunizante ser da China. “Desde que esteja certificada pela Anvisa. Não tem problema nenhum”.

Ver mais: 

>> O Globo destaca campanha de Marco Aurélio ao lado de Mourão

Eleições nos EUA

Mourão opinou sobre a disputa presidencial no Estados Unidos. O vice-presidente não tem um favorito, mas destacou a boa relação que o atual presidente e candidato à reeleição, Donald Trump, tem com Bolsonaro.

“Independentemente de quem for eleito, os Estados Unidos são um parceiro histórico, então temos de buscar o diálogo com o governo de turno. O pessoal está falando muito que, se eleito, o Biden vai cobrar isso, vai cobrar aquilo. O Trump tem aquela empatia com o presidente, então há um relacionamento de Estado para Estado e há um relacionamento pessoal, o que pode levar a crer que a eleição dele seja melhor. Mas, tradicionalmente, os Estados Unidos jogam pelos interesses deles, seja o presidente seu amiguinho ou não”, ponderou.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com