Opinão

“Vamos parar de frescura”, diz líder do governo sobre decreto no SUS

O deputado Ricardo Barros, havia dito ao Estadão, antes do presidente Bolsonaro revogar decreto.

Antes do governo revogar o decreto que autorizava parcerias público-privadas na construção e gestão de Unidades Básicas de Saúde no Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI), o deputado Ricardo Barros, líder do governo na Câmara, havia dito ao Estadão:

“Isso já está presente há anos e anos no SUS, o decreto é só para organizar. Vamos parar de frescura. É como ocorre com as filantrópicas, as OSs. Não são instituições privadas?”

Leia também: 

Bolsonaro revoga decreto e rebate que não sinalizou privatização do SUS

Entenda

O presidente Jair Bolsonaro recuou e decidiu revogar, nesta quarta-feira (28), o decreto que autorizava a realização de estudos sobra a inclusão das Unidades Básicas de Saúde (UBS) dentro do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI). A revogação foi anunciada nas redes sociais do mandatário.

O Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI) diz respeito a privatizações em projetos. Segundo o documento, os estudos sobre as UBS teriam o intuito de avaliar “alternativas de parcerias com a iniciativa privada para a construção, a modernização e a operação de Unidades Básicas de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios”. O texto gerou polêmica entre políticos opositores do governo e não apoiadores de Bolsonaro. Todos alertaram para uma suposta margem que o decreto dava à privatização do SUS.

O presidente Jair Bolsonaro recuou e decidiu revogar, nesta quarta-feira (28), o decreto que autorizava a realização de estudos sobra a inclusão das Unidades Básicas de Saúde (UBS) dentro do Programa de Parcerias de Investimentos da Presidência da República (PPI). A revogação foi anunciada nas redes sociais do mandatário.

Da redação do Portal com informações de O Antagonista

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com