Saúde

Paulista: após demissão de cargos comissionados, cirurgias ginecológicas estão suspensas

Procedimentos foram interrompidos pela gestão interina de Jorge Carreiro depois de tomar posse como prefeito da cidade.

O mutirão de cirurgias ginecológicas que estava acontecendo através da secretaria de Saúde do Paulista, foi interrompido pela gestão interina de Jorge Carreiro.

O Programa Mais Mulher contemplaria cerca de 200 mulheres com cirurgias de miomas, cistos, laqueaduras e histerectomia, mas só chegou a atender 50 mulheres. As outras 150 estão ameaçadas de não receberem o procedimento, por conta da suspensão do programa.

Outra dificuldade que atinge a população do Paulista que depende do SUS, são diversas unidades de saúde fechadas por falta de profissionais para atender a população, uma vez que os cargos comissionados da prefeitura foram exonerados pela segunda vez em três meses pelo vice Jorge carreiro  que voltou a assumir interinamente o cargo de prefeito.

As demissões e as suspensão de diversos convênios estão causam diversos transtornos com a interrupção da oferta dos serviços públicos essenciais, comprometendo a população. 

Resposta

Procuramos a atual gestão do prefeito Jorge Carreiro para falar sobre a questão, mas até a publicação desta matéria, não tivemos retorno. Estamos a disposição para ouvir o outro lado.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal