Eleições 2020

João Campos propõe ampliação do diálogo sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo 

Em sabatina com o setor da construção civil, o prefeiturável falou sobre suas propostas para o executivo municipal e debateu assuntos ligados à categoria.

O setor da construção civil recebeu, nesta terça-feira (27), o candidato a prefeito do Recife pela Frente Popular, deputado federal João Campos (PSB), para sabatina realizada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco (Sinduscon), Sindicato da Habitação (Secovi) e Ademi Imóveis. No local, João falou sobre suas propostas para o executivo municipal e debateu assuntos importantes para a categoria, como a ampliação do diálogo no tocante à Lei de Uso e Ocupação do Solo.

No Sinduscon, João Campos propõe ampliação do diálogo sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo

“A gente pode aprofundar muito o diálogo sobre a Lei de Uso e Ocupação do Solo conversando com os diversos segmentos e interessados no assunto. Essa responsabilidade eu terei porque ela é nossa. Cabe ao executivo fazer isso e nós teremos condições de fazer. O interesse público não pode ser brigar com o privado e, naturalmente, só vamos resolver essa questão de forma articulada. A solução passa pela unidade”, pontuou João Campos aos representantes da construção civil.

O texto é o instrumento urbanístico que orienta a forma e a intensidade da ocupação do solo na cidade pelas edificações, estabelecendo limites e visando a preservação e conservação do meio ambiente e patrimônio cultural existente na cidade.

Ver mais:

>> João Campos promete ampliar políticas inclusivas no Recife

No encontro, João também pontuou a importância de melhorar a digitalização de processos na gestão municipal, aliada à desburocratização dos serviços. “Precisamos dar um choque de gestão para aproximar a gestão pública da população e gerar economia”, afirmou.

O candidato citou a criação da Invest in Recife, agência municipal de fomento à economia, que terá o papel de atrair novos investimentos para a cidade, sem criar novas estruturas que gerem gastos para máquina pública.

Outras iniciativas da Frente Popular do Recife também foram explicitadas pelo prefeiturável, como a proposta do Crédito Popular municipal, o programa A Casa é sua, que vai conceder 50 mil títulos de posse, o Embarque Digital, que ofertará bolsas de estudo para formação de tecnólogos, e ainda o programa Praças da Infância, que vai dispor de espaços de convivência voltados às crianças, com atividades lúdicas, práticas esportivas e terapias ocupacionais para aqueles que apresentam algum tipo de deficiência.

Da redação do Portal com informações da assessoria do candidato

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com