Recife

Dia de Finados: Prefeitura do Recife define programação dos cemitérios

Para garantir uma maior segurança aos visitantes no enfrentamento à pandemia de covid-19, não haverá missa e outros eventos religiosos nos cemitérios públicos da capital pernambucana.

A Prefeitura do Recife, por meio da Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb), está finalizando diversos serviços nos cinco cemitérios públicos do município (Casa Amarela, Parque das Flores, Santo Amaro, Tejipió e Várzea), com o objetivo de proporcionar mais segurança ao público no próximo Dia de Finados (02/11).

Neste ano, a visitação ocorre normalmente com algumas orientações de higiene, e com a suspensão das missas tradicionais da programação municipal como medida de prevenção contra a disseminação da covid-19.

As necrópoles estarão abertas à visitação entre das 7h às 18h no dia 2 de novembro e só será permitida a entrada de visitantes com máscara para visitar os túmulos dos seus entes queridos. A Emlurb recomenda que a população leve os dados da pessoa falecida para identificação do local de sepultamento junto à administração de cada cemitério.

A PCR trabalha de forma contínua na conservação dos cemitérios da cidade, com o objetivo de garantir conforto e estrutura adequada durante o ano todo. A preparação específica para o Dia de Finados conta com um reforço nos serviços de limpeza e manutenção, inclusive com álcool em gel para higienização das mãos dos visitantes nos acessos aos cemitérios.

Para o feriado, a Emlurb montou um esquema especial de limpeza, que terá início às 6h, com expectativa de término às 22h. Ao todo, serão 230 servidores trabalhando nos cemitérios e também nas ruas do entorno. Ficam também à disposição dos visitantes, na administração dos Cemitérios, funcionários habilitados para ajudar na localização dos jazigos e ossuários.

Ver mais:

>> Cemitérios do Grande Recife preparam covas para mortos por Covid-19

Sinalização

Os cemitérios de Santo Amaro e Parque das Flores também oferecem uma sinalização que permite ao visitante ter visão geral de todo o espaço, por meio de um mapa esquematizado com os nomes das alamedas e ruas, facilitando o deslocamento dos pedestres. A iniciativa está em andamento no cemitério da Várzea e deve ser concluída na primeira quinzena de novembro.

Em Santo Amaro, além do painel, foram instaladas em locais estratégicos, placas indicativas dos principais pontos: velório principal, velório popular, administração, capela, saída e nomes das ruas. Outra novidade foi a instalação, neste ano, de placas com a biografia de nomes relevantes da história da cidade indicadas no painel principal.

Informações sobre os cemitérios do Recife

Administração

Compete à Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) a administração, manutenção, limpeza, varrição e outros serviços nas áreas comuns, sendo de responsabilidade das famílias a manutenção e limpeza dos túmulos e jazigos.

A Emlurb também faz controle e acompanha diariamente as reservas de áreas disponíveis para sepultamento, venda de ossuários e jazigos pertencentes à Prefeitura do Recife.

Atualmente, há disponibilidade para aquisição de ossuários no Cemitério de Santo Amaro e de jazigos no Cemitério do Parque das Flores.

Gerência de Necrópoles (Sede da Emlurb)

Endereço: Av. Governador Carlos de Lima Cavalcanti, 09, Derby, Recife

Tel: (81) 3355-5500.

Cemitério de Santo Amaro

O Cemitério de Santo Amaro chama-se, na verdade, Cemitério Senhor Bom Jesus da Redenção de Santo Amaro das Salinas. Foi projetado pelo engenheiro José Mamede Alves Ferreira. Inaugurado em 1º de março de 1851, destinou-se, inicialmente, ao sepultamento de pessoas vitimadas pelo surto de febre amarela, que não podiam ser sepultadas em igrejas, como era o costume da época.

Sua arquitetura é radial, com túmulos distribuídos ao longo de ruas que partem de um ponto central. É a maior exposição de arte ao ar livre de Pernambuco, com centenas de mausoléus de grande porte. A capela também merece destaque. Também projetada por José Mamede Alves Ferreira, foi construída por volta de 1853. Trata-se de um monumento de puro estilo gótico de cruz grega, fechada por uma só abóbada.

Endereço: Rua Marquês do Pombal, Santo Amaro, Recife

Área: 145 mil metros quadrados

Estrutura: 20.520 túmulos e 9.008 ossuários

Personalidades sepultadas:

SETOR 01

01 – Menina sem nome

02 – Conselheiro Rosa e Silva

03 – Barão de Itamaracá

04 – Conde da Boa Vista

05 – Joaquim Nabuco

06 – José Mariano Carneiro da Cunha

07 – Governador Manoel Borba

08 – Capiba – Lourenço da Fonseca Barbosa

09 – Dr. José Maria de Albuquerque Melo

10 – Dona Leonor Porto

11 – Chico Science

12 – Augusto Lucena

SETOR 02

13 – Visconde de Camaragibe

14 – José Francisco de Moura Cavalcanti

15 – Mário Mello

16 – Barão de Mecejana

17 – André Valli

18 – Mário Sette

19 – Maciel Pinheiro

20 – José Isidoro Martins Júnior

21 – Estácio Coimbra

22 – Barão de Contendas

23 – Marcos Freire

24 – Monsenhor Muniz Tavares

25 – José Rufino Bezerra Cavalcanti

SETOR 03

26 – Artistas do Teatro Pernambucano

27 – Ascenso Ferreira

28 – Paulo Pessoa Guerra

29 – Antônio de Góis Cavalcanti

30 – Antônio Arruda de Farias

31 – Herculano Bandeira de Melo

32 – Miguel Arraes de Alencar

33 – Carlos de Lima Cavalcanti

34 – Menino Alfredinho

35 – Eduardo Henrique Accioly Campos

SETOR 04

36 – Agamenon Sérgio de Godói Magalhães

37 – Marinha do Brasil

38 – Aloísio Sérgio Barbosa de Magalhães

39 – Heinrich Moser

40 – Barão da Vitória

41 – Carlos Pena Filho

Cemitério Parque das Flores

O Cemitério Parque das Flores possui uma concepção mais moderna, com os jazigos distribuídos em alamedas e jardins. Em 1977 passou para a administração pública municipal.

Endereço: Avenida Liberdade, s/n – Tejipió – Recife

Área: 125 mil metros quadrados

Estrutura: 17.362 t e 2.236 ossuários

Personalidades sepultadas

1-Jornalista Orismar Rodrigues

2-Jornalista Paulo Marques

3-Geógrafo Manoel Correia de Andrade

4-Deputado Byron Sarinho

Cemitério de Casa Amarela

É, para alguns, o mais antigo cemitério recifense, pois se tem notícias de sepultamentos no início do século XIX. Os moradores de Casa Amarela têm uma predileção especial pelo sepultamento de seus entes queridos no cemitério local, devido ao apego com o bairro.

Endereço: Largo de Casa Amarela, s/n – Casa Amarela – Recife

Área: 11,6 mil metros quadrados

Estrutura: 3.019 túmulos e 605 ossuários

Personalidades sepultadas

1 – Caju (da dupla Caju e Castanha)

2 – Vereador Edmar Moury Fernandes

3 – Vereador Mário Monteiro.

Cemitério da Várzea

É o terceiro maior cemitério do Recife em área e está dividido em 18 quarteirões. Assim como os outros cemitérios menores, caracteriza-se por receber sepultamentos de moradores da área de entorno.

Endereço: Rua Professor Artur de Sá, s/n – Várzea – Recife

Área: 21,7 mil metros quadrados

Estrutura: 3.874 túmulos e 1.890 ossuários

Personalidade sepultada

Padre Henrique Pereira (religioso, de estreitas relações com Dom Hélder, teve notória atuação contra a Ditadura Militar. Foi torturado e assassinado em 1969).

Cemitério de Tejipió

 O Cemitério de Tejipió também é conhecido como Pacheco. Possui 12 quarteirões e segue a mesma lógica dos cemitérios menores, recebendo o sepultamento dos moradores do seu entorno.

 Endereço: Rua Alto do São Pedro, s/n – Tejipió – Recife

Área: 16,5 mil metros quadrados

Estrutura: 2.724 túmulos e 230 ossuários

Da redação do Portal com informações da Prefeitura do Recife

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal