Goiana

Incêndio na fábrica da Jeep pode ter sido criminoso

As chamas atingiram a fábrica na madrugada do último sábado, 17 de outubro, e 100 veículos ficaram destruídos.

Um incêndio que atingiu a fábrica da empresa Jeep, em Goiana, na Região Metropolitana do Recife (RMR), na madrugada do último sábado (17) pode ter sido criminoso.

As chamas destruíram completamente 74 veículos que estavam distribuídos em 8 caminhões. Além disso, um galpão próximo ao local do incêndio com 26 ônibus também foi atingido.

A suspeita é que a motivação do incêndio tenha sido o fato de que funcionários estariam revoltados com o corte de pagamento da Participação nos Lucros e Resultados (PLR).

Leia também:

>>> Vídeo: Pela segunda vez na semana, princípio de incêndio é registrado no Hospital Agamenon Magalhães
>>> Vídeo: UTI de Covid-19 do Hospital Agamenon Magalhães é atingida por incêndio

Segundo o Corpo de Bombeiros, ninguém ficou ferido. A corporação informou que foi acionada por volta das 3h45, e o incêndio foi controlado cerca de duas horas depois.

Em nota enviada ao UOL, a SADA Transportes informou que “o fogo se alastrou rapidamente e ocasionou prejuízos materiais de grande valor. As equipes operacionais estão realizando os levantamentos”.

“O Grupo SADA reitera seu compromisso com a segurança de todos os colaboradores e motoristas parceiros. Ressaltamos nossos esforços para imediata regularização das operações, bem como continuamos à inteira disposição para esclarecimentos adicionais”, conclui.

A Polícia Civil informou que o caso está sendo investigado e que as diligências seguirão “até completa elucidação do ocorrido”.

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal