Trabalho

ACS-PE permanece em defesa da categoria em busca de conquistas

A Associação da PM e Bombeiros militares segue firma na defesa da categoria em todo estado de Pernambuco.

A Associação de Cabos e Soldados (ACS-PE) continua exercendo suas atividades normalmente. Entre as principais conquistas da entidade estão: o Plano de Cargos e Carreiras, o Plano de valorização profissional (Policial precisava esperar 23 a 25 anos por sua promoção e atualmente o tempo caiu para 12 anos).

O Plano de Cargos e Carreiras deu a condição de a cada dez anos haver promoção. Antes da gestão, muitos Policiais foram para casa como Soldados, atualmente, o plano que prevê a promoção a cada dez anos, em muitos casos Policiais com menos de vinte anos já estão saindo Terceiro Sargento, com menos de dez anos já estão saindo Cabos.

O presidente da ACS-PE, Albérisson Carlos, afirmou que o Programa de Cargos e Carreiras ainda não é o ideal, mas a sua gestão sempre lutou para que esse tempo seja reduzido.

Outra conquista através da mesa de negociação, foi a redução para 25 anos de efetivo serviço para Policiais Mulheres se aposentarem.

Foto: ACS-PE/ Divulgação

O CFHP (Curso de Formação de Habilitação de Praça), que dá condição de o Militar, assim que ingressar no quadro, dele já fazer o curso de soldado, de cabo e de sargento. Ou seja, quando chegar o tempo de promoção ele não precisa mais fazer o curso, pois ele já foi habilitado no ingresso da carreira.

Curso de Formação para Oficiais, Sargentos e Cabos, atualmente independente da idade, se tiver o curso de Direito, poderá concorrer aos quadros de Oficiais, chamado quadro OPM.

Ver mais:

>> Albérisson Carlos anuncia novo escritório jurídico da ACS-PE, em Palmares

>> Presidente da ACS-PE participa de reunião na Secretaria de Administração

>> Presidente da ACS-PE agradece doação de EPIs da Ibrachina para o Hospital da Polícia Militar

Ainda tem, o quadro QOA (Quadro de Oficial Administrativo), nele o Policial ele precisa ser Segundo Sargento, e ter um curso de especialização chamado CAS, considerado aperfeiçoamento de Sargentos. Nesse caso, não é preciso ter o curso de Direito, mas um curso Superior que atendendo requisitos necessários que é ser Segundo Sargento e ter o CAS. A ACS-PE conquistou a maior abertura de vagas também para o quadro de Praças, quanto para o de Oficiais.

Foto: ACS-PE/ Divulgação

Outra conquista, foram mais de 15 mil promoções, contemplando Praças e Oficiais.

Conheças as principais ações judiciais em favor da classe:

  • Perdas salarias dos últimos 5 anos
  • Implementação do Subsídio
  • Funafin
  • Cobranças indevidas contra consignados
  • Correção no recebimento do Pasep
Foto: ACS-PE/ Divulgação

Além do programa Casa Segura, em parceria com a Caixa Econômica Federal, o programa beneficia Policiais, Bombeiros Militares e outros profissionais de segurança pública associados a instituição, com descontos de até 70% na compra de imóveis Caixa.

Ao total estão sendo disponibilizados mais de 800 imóveis em todo estado,  o programa ‘Casa Segura’ oferece vários benefícios aos associados, entre elas o desconto de até 70% em imóveis adjudicados, consultoria financeira com gerente da Caixa presente semanalmente na ACS e assistência jurídica para o associado.

Foto: ACS-PE/ Divulgação

Veja Mais

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com