Aprovação

Em Olinda, TCE aprova por unanimidade contas da Prefeitura

Aprovação é resultado da transparência na aplicação dos recursos por parte da atual gestão municipal.

As contas da Prefeitura de Olinda relativas ao ano de 2018 também foram aprovadas por unanimidade na 1ª Turma do Tribunal de Contas do Estado. O TCE já havia aprovado as contas de 2017.

As análises das contas das gestões municipais é realizada através de auditores e conselheiros do Tribunal de Contas. Esse corpo técnico avalia a correta aplicação dos recursos públicos, no que diz respeito às regras constitucionais, como por exemplo, a aplicação do recursos na saúde, educação, infraestrutura, a destinação de repasses governamentais, etc.

Eleições na cidade

Terceiro maior colégio eleitoral de Pernambuco, na cidade de Olinda foram homologadas dez candidaturas ao pleito municipal nas eleições de 2020. O Portal de Prefeitura traz um Guia para que você conheça todo(a)s o(a)s candidato(a)s, vices, coligações e o perfil de cada um dos postulantes à prefeitura da cidade pernambucana.

O prazo para que os partidos políticos apresentassem as chapas que irão concorrer a disputa majoritária e proporcional foi encerrado no último dia 16 de setembro, conforme o calendário eleitoral. O início das campanhas dos prefeituráveis aconteceu no último domingo (27).

Com o atual prefeito Professor Lupércio (SD) buscando a reeleição, Olinda terá o ex-prefeito do Recife João Paulo (PCdoB) buscando  ser o primeiro prefeito das duas ‘cidades irmãs’ e mais importantes do Estado.

Ver mais:

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas no Jaboatão

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas no Recife

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas em Caruaru

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas em Camaragibe

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas em Paulista

>> Guia Eleições 2020: Confira as candidaturas em Petrolina

Leia também:

Tribunal de Contas do Estado (TCE-PE) determinou, na última quinta-feira, 8 de setembro, que a Prefeitura de Ouricuri suspenda contratos relativos à locação de tendas armadas em locais públicos nos serviços de enfrentamento ao novo coronavírus.

A suspensão foi aprovada de forma unânime pela Segunda Câmara do TCE. O Tribunal apontou indícios de duas irregularidades no acordo firmado entre a prefeitura e a empresa contratada: a prorrogação contratual sem justificativa, falha prevista na Lei de Licitações, e o superfaturamento no valor da locação das tendas.

Da redação do Portal com informações da assessoria da Prefeitura de Olinda

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com