Fuga

Polícia suspeita que chefe do PCC tenha fugido de jatinho para o exterior

De acordo com os investigadores, o traficante conhecido como André do Rap, foi para o Mato Grosso do Sul, onde passou por cidades fronteiriças para sair do país.

Depois de ser solto por meio de habeas corpus concedido pelo ministro Marco Aurélio Melo, do Supremo Tribunal Federal ( STF ), a Polícia de São Paulo suspeita que o traficante André Oliveira Macedo, um dos líderes do PCC, tenha fugido conseguido fugir do país através de um jatinho com destino ao Paraná. De lá, ele teria seguido para o Mato Grosso do Sul e passou por cidades fronteiriças para sair do país com destino ao Paraguai. As informações são da CNN Brasil.

Dois departamentos da Polícia Civil de São Paulo foram mobilizados para capturar André do Rap. O Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), formado por cerca de 500 agentes, e parte do Departamento de Homicídios.

A Polícia tem rastreado quem manteve contato com André ao sair da prisão. Essa pessoa teria financiado o pagamento do jatinho que possibilitou o deslocamento de André após a soltura.

Ainda de acordo com a CNN Brasil, o governador de São Paulo, João Doria, cobrou um posicionamento de Marco Aurélio. “Cobre do ministro o ato de soltura deste bandido”.

André Oliveira, também conhecido como André do Rap, foi condenado a 15 anos e 6 meses de prisão e estava detido desde setembro de 2019. Ele foi capturado pela equipe da Polícia Civil de São Paulo, em uma mansão em Angra dos Reis, litoral sul do Rio de Janeiro. Na decisão proferida pelo ministro Marco Aurélio, foi alegado que André estava detido sem uma sentença condenatória definitiva, o que portanto, excede o limite de tempo previsto na legislação brasileira.

Na noite deste sábado (10), o ministro Fux, atendendo ao pedido da Procuradoria Geral da República (PGR), suspendeu a determinação de Marco Aurélio, que mandou soltar o traficante integrante do PCC.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com