Críticas

Lula: “Quero que a Justiça diga que sou inocente e que Bolsonaro é um lacaio”

Ex-presidente voltou a falar sobre sua condenação na Lava Jato e criticou a atuação do então juiz Sergio Moro no caso.

Em entrevista ao El País, nesta quarta-feira (7), o ex-presidente Lula (PT) voltou a falar sobre sua condenação por corrupção na Lava Jato, que o tornou inelegível. O político reafirmou que é inocente e disse sofrer perseguição política.

“Eu quero que a Justiça, que eu acredito que é pra todos, diga que eu sou inocente e que o Bolsonaro é um lacaio”, disparou.

Para Lula, o então juiz da Lava Jato, Sergio Moro, agiu de forma política na condução do caso do ex-presidente. O petista repetiu que poderia ter ido para a embaixada, mas não quis.

“Eu poderia ter ido para uma embaixada, não fui. Mentira tem perna curta e é por isso que o Sergio Moro está acovardado agora”.

O petista ficou preso por 580 dias em Curitiba, até ser solto depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) decidiu que o réu só pode ir preso após ter todos os seus recursos esgotados.

Ver mais:

>> Em evento virtual, Lula diz que Bolsonaro “vive lambendo botas do governo americano” 

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com