Eleições 2020

João Campos apresenta propostas para melhorias no Centro do Recife alinhadas à inovação tecnológica

Incentivo à habitação, integração de ações tecnológicas com as demandas da gestão e impulsionamento do mercado da tecnologia foram debatidos durante sabatina

Em sabatina no Porto Digital na tarde desta quinta-feira (08), o candidato a prefeito pela Frente Popular do Recife, deputado federal João Campos (PSB), apresentou propostas que visam promover melhorias no Centro do Recife. Entre as ideias, a necessidade de inserir moradias nesse território, integrar ações tecnológicas com as demandas da gestão municipal e promover o impulsionamento do mercado da tecnologia através da oferta e qualificação profissional.

No início do encontro, o presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, apresentou os principais desafios atuais e futuros do parque tecnológico, como a requalificação urbana do Centro do Recife. Para João Campos, essa questão está atrelada ao incentivo à moradia nessa área do Recife. O candidato acredita que é preciso que sejam realizadas ações integradas e cuidados específicos de zeladoria, segurança, habitação e preservação do patrimônio. Ao citar essa necessidade, João relembrou que somente na área de tecnologia, o local congrega mais de 11 mil profissionais.

João Campos em entrevista.Foto: Rodolfo Loepert

No encontro, assim como fez com as universidades públicas da Capital pernambucana, João defendeu a integração do Porto Digital na elaboração de alternativas para os principais problemas da cidade. “A gente precisa endereçar as necessidades da cidade, apresentar esse estoque e devolver com a solução. E fica aqui o convite para ecossistema participar dessa proposta”, enfatizou.

Veja Mais 

>>João Campos defende mais vagas em creches no Recife

A proposta de João é tornar o bairro do Recife um modelo de gestão, que sirva de exemplo para outras localidades da cidade, com legislação que consolide essas mudanças.

“A gente tem que fazer isso no bairro do Recife porque a gente não consegue resolver os problemas da cidade toda. Mas a gente tem que fazer um modelo para mostrar a cidade toda o que a gente quer, com oportunidade, com acessibilidade, com inclusão para forçar com que todo mundo reivindique isso. Quanto mais pessoas cobrem o que há de melhor, a gente engaja a cidade e ajuda a levantar isso”, afirmou João Campos.

João apresentou ainda o programa Embarque Digital, que visa oferecer, anualmente, 500 vagas de qualificação profissional na área de tecnologia para jovens recifenses. A ideia é ofertar cursos com duração de dois anos e meio em entidades privadas, com custeio da Prefeitura do Recife, para garantir capacitação de futuros profissionais atuarem no parque tecnológico da cidade.

Atualmente, o Porto Digital abriga cerca de 330 empresas, organizações de fomento e órgãos de Governo e aproximadamente 11 mil trabalhadores, com faturamento anual de R$ 2,3 bilhões em 2019.

Veja Mais

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com