Artigo

Artigo: Gente que faz

A expressão “o trabalho dignifica o homem” pode ser vista por diferentes pontos.

Por Marcus Oliveira Artigo: Gente que faz

Há quem acredite que significa o ato de dar sentido à vida de uma pessoa. Já pensadores históricos, como Confúcio, entendiam que quem trabalha com o que ama, jamais terá trabalho em um dia sequer em sua vida. Ou seja, fazer o que gosta não seria nada trabalhoso.

É nesse ponto de vista que a Coluna “GENTE QUE FAZ” deste mês, analisa a pessoa de REINALDO BARREIROS, este paulistano extremamente pernambucano que divide seu tempo com o esporte, política, religião, família e Timóteo, seu cão de estimação.

O seu tipo sanguíneo é a política, em seu DNA constam características marcantes herdadas de seu avô Antônio, um Pernambucano arretado que segundo ele nunca fugiu de um debate. Este DNA se mistura ao esportista nato que mesmo não sendo craque conseguiu ir muito longe no seu esporte. Ele trabalha duro vibrando em cada lance seja como jogador, treinador ou dirigente. Reinaldo traz em sua alma o amor pelo cristianismo e coloca sua prática de fé em tudo que faz, e faz tantas coisas aponto de ser o que consideraríamos ‘o homem que nunca dorme’.

Na parte da sua vida que morou em Pernambuco dos 15 aos 20 anos de idade foi aluno da ETEPAM, trabalhou na Xerox do Brasil, Jogou handebol, fez movimento estudantil pela UJS e UBES e segundo ele mesmo fez amigos para uma vida inteira.

Reinaldo Barreiros/ Foto: Divulgação

Reinaldo é homem de personalidade marcante, esportista e fundador de um alguns projetos bastante interessantes como o Handebol de Mogi das Cruzes e todo o modelo esportivo que levou a sua equipe de 2002 a 20017 vencer os Jogos Abertos do Estado de São Paulo 9 vezes em 12 finais consecutivas (fato inédito em 83 anos da maior competição do Estado), fundador e vice presidente da Liga Paulistana de Handebol, ex-diretor regional da federação paulista de handebol o homem que nunca dorme após alguns anos como assessor especial na Assembleia Legislativa de São Paulo voltou-se novamente ao esporte municipal e assumiu a Diretoria de Gestão de Esporte de Alto Rendimento que incluí a diretoria do Centro Olímpico de Treinamento e Pesquisa, ligado à Secretaria Municipal de Esportes, Lazer e Recreação da Prefeitura da Cidade de São Paulo; Reinaldo encerrou a sua carreira de jogador em 2018 após 30 anos de quadra, mas ainda figura entre as 4 linhas como treinador da Atlética de Faculdade de Medicina São Camilo.

Homem de fé, Barreiros acredita que a missão do ser humano na terra e enquanto igreja é expressar o amor de Deus, viver a Sua palavra manifestando o poder do Espírito Santo na vida diária, e fazer com que discípulos de Cristo manifestem o Reino de Deus e promovam transformação na terra.

Ver mais:

>> Artigo: Lênin, herói ou vilão comunista?

>> Artigo: Comunismo e homossexualidade

É criador de uma ação de arrecadação de alimentos e atendimentos de saúde em que aproximou sociedade civil , estudantes de medicina e população necessitada num evento chamado Céu na Cidade , evento que se tornou um dos maiores do estado de São Paulo se tornando lei estadual e inclusive recebendo honraria por parte da Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo (ALESP). Hoje ele é líder do Ministério de Missões, Capelania e Caridade na Zion Church, sua igreja local e esteve juntamente com a sua igreja ajudando milhares de pessoas durante a Pandemia com o projeto Zion em Ação.

Em fevereiro deste ano, Reinaldo esteve diretamente envolvido no The Send 2020, onde trabalhou na Mobilização/Marketing, na Coordenação de Voluntariado e no The Send School (uma escola para mais de 5000 líderes cristãos do mundo inteiro que ocorre uma semana antes do evento). Na segunda edição deste congresso de avivamento que nasceu nos Estados Unidos e que aconteceu simultaneamente em três palcos: nos estádios do Morumbi e Allianz Parque, em São Paulo, e no Mané Garrincha, na cidade de Brasília. Cerca de 110 pregadores e cantores se apresentaram para 170 mil pessoas. O maior público foi o do Morumbi, cerca de 80 mil, de acordo com os organizadores.

No Allianz Parque foram 63 mil e em Brasília, 27 mil. O evento reuniu pregadores dos mais diversos estilos e denominações como Andy Byrd, Silas Malafaia, Todd White, Téo Hayashi, Talitha Pereira, Deive Leonardo, Francis Chan e Fabíola Melo, e ainda a presença marcante de autoridades políticas como Damares Alves e o Presidente Jair Bolsonaro do qual é apoiador desde o início das movimentações sobre a candidatura.

Nem só de fé vive o homem! As obras de “Reizinho”, como é chamado pelos mais íntimos, são evidenciadas quando seu poder político é manifestado através de sua luta contra a corrupção. Além do debate Reinaldo tem a participação na construção de mais de 20 projetos de lei na área de Esporte e Justiça Social, muitos se tornaram Leis protocolados por vereadores e deputados que veem em Reinaldo um bom articulador e realizador político.

Reinaldo Barreiros/ Foto: Divulgação

Mas nosso analisado de hoje gosta mesmo é de barulho, é o representante de São Paulo na ação que afastou o presidente da Confederação Brasileira de Handebol por corrupção este ativista político também é idealizador de grupos políticos, como é o caso do Movimento Camaragibe Livre, que reúne interessados em debater políticas públicas e a renovação do entendimento, no Município de Camaragibe, em Pernambuco (terra de seus avós), o Soldado de Cristo também impõe suas armas a combater políticos que ameaçam a ordem pública e se utilizam do poder para tirar proveitos dos recursos públicos, o que lhe imputa muitas ervas amargas.

Perseguido constantemente por forças políticas e por políticos descontentes, Reinaldo Barreiros já foi vítima de ameaças de morte além de várias calúnias, que culminou em processos judiciais e matérias jornalísticas que, de acordo com sua defesa, tiveram como único intuito de macular a honra, reputação e credibilidade dele perante a sociedade. Em novo episódio envolvendo seu nome opositores do seu trabalho agiram em nova investida no intuito de macular seu nome o direcionando a possíveis envolvimentos em esquema de corrupção, sendo acusado de “rachadinha”, no intuito de manchar sua idoneidade moral, o que ele considera “ações difamatórias”.

“Quanto maior é quem você ataca maior será a retaliação” é uma de suas frases repetidas quando sob ataque ele mantém uma calma e frieza irritantes, segundo os que o cercam ao decidir qual será a estratégia.

Com suas opiniões e posições polêmicas muitas vezes o colocando na linha de frente do debate ideológico, Reinaldo se gaba de conhecer o sistema como poucos por conta do que viveu e leu, afirma ter como missão deixar um legado que seus netos sintam orgulho de passar a diante.

“Daqueles que sabem pra quê vieram, cristianismo, política e esporte são discutidos a fundo sim! Polemizando e esclarecendo para renovar o entendimento! ”.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com