Eleições 2020

João Campos promete ofertar 500 vagas profissionalizantes já em 2021

João reforçou a importância de auxiliar a juventude recifense a se engajar no mercado de trabalho.

Faltando 40 dias para as eleições 2020, o candidato a prefeito pela Frente Popular do Recife, deputado federal João Campos (PSB), participou, na manhã desta terça-feira (06), de sabatina com um grupo de empresários do Movimento Atitude, no bairro dos Aflitos. Na ocasião, o prefeiturável falou sobre seus projetos para o desenvolvimento da cidade e defendeu a qualificação profissional como uma das prioridades para sua gestão à frente do Executivo municipal. Ele afirmou que a partir do próximo ano, a proposta é investir na oferta de vagas para cursos voltados para juventude. Em 2021, 500 serão oferecidas.

João reforçou a importância de auxiliar a juventude recifense a se engajar no mercado de trabalho, mas destacou que é preciso unir a gestão pública, a iniciativa privada e as instituições de ensino para preparar jovens para o ingresso no mercado de trabalho. A geração de renda e empregabilidade é uma das principais preocupações do candidato para o período pós-pandemia da Covid-19.

“A gente tem uma capacidade educacional importante na cidade e tem uma oportunidade ociosa em instituições privadas. Vamos desenhar um escopo de curso alinhado com o setor produtivo e acadêmico e a prefeitura vai fazer essa ponte e bancar. Já no primeiro semestre, vamos lançar 500 vagas de cursos para que, lá na frente, possamos ocupar os espaços ociosos no Porto Digital, por exemplo. Assim, a gente vai estimular os empregos. Hoje temos um desafio que é de gerar mão de obra”, afirmou.

O candidato também falou sobre suas propostas para a área de turismo, habitação e mobilidade. Neste último tema, João destacou a necessidade de investir na Engenharia de Tráfego, com intervenções de trânsito que auxiliem na melhoria do fluxo de veículos da cidade. João reforçou, ainda, a importância do impulsionamento do turismo de lazer na cidade, criando alternativas conjuntos com outros municípios pernambucanos, como Ipojuca.

Ao falar das suas propostas, João Campos ainda destacou duas características que, segundo ele, precisam estar presentes no futuro prefeito da cidade. “Um prefeito tem que ser agregador e motivador. A prefeitura não resolve nada sozinha, assim como o setor produtivo e também o terceiro setor. Então, a gente tem que ter a capacidade de agregar e tornar o ambiente atrativo”, disse João.

Ver mais: 

>> João Campos vai em bairros da Zona do Sul do Recife e defende que gestores devem ouvir a população

Presidente do Conselho do Movimento Atitude, Paulo Sales, falou sobre o histórico do movimento e o objetivo do encontro com o prefeiturável. Ao final do encontro, ele também agradeceu a participação de João no debate com a entidade. “O Atitude é jovem e recente, estamos com quase dois anos e somos um grupo apartidário. A ideia é discutir o que podemos fazer para ter o município, o estado e Brasil melhores? Como empresários, podemos ter um papel mais cidadão. Nosso objetivo é focar no bem estar do estado. Dentro dessa lógica, achamos oportuno conversar com candidatos e ver como podemos incorporar essa proposta para termos uma eleição e resultados melhores”, afirmou.

O Movimento Atitude surgiu em 2018 e reúne 22 empresário. É uma iniciativa do setor produtivo que defende temas críticos ao desenvolvimento econômico, produtividade, geração de emprego e formação de capital humano.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com