Pandemia

Operação da Polícia Federal afasta secretária de Saúde por suspeita de irregularidades na compra de respiradores

O prejuízo estimado das supostas fraudes aos cofres públicos é de R$ 2 milhões.

Policiais federais cumpriram hoje (6) cinco mandados de busca e apreensão em uma operação que investiga irregularidades na compra de respiradores para tratamento de covid-19 pela Secretaria Municipal de Saúde de Japeri, no estado do Rio de Janeiro. A operação Apneuse também cumpriu um mandado de afastamento de função pública.Saúde, Operação da Polícia Federal afasta secretária de Saúde por suspeita de irregularidades na compra de respiradoresSaúde, Operação da Polícia Federal afasta secretária de Saúde por suspeita de irregularidades na compra de respiradores A secretária de Saúde de Japeri, Rozilene Souza Moraes dos Anjos, foi afastada do cargo.

Segundo a Polícia Federal, os respiradores comprados pela secretaria eram obsoletos e foram adquiridos a preços superfaturados. O prejuízo estimado das supostas fraudes aos cofres públicos é de R$ 2 milhões.

As investigações começaram em junho deste ano, com o apoio do Ministério Público Federal, da Controladoria Geral da União (CGU) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Ver mais: 

>> Gilmar Mendes suspende investigações da operação sobre supostos desvios no Sistema S

Os mandados foram expedidos pela 3ª Vara Federal de São João de Meriti e estão sendo cumpridos nos municípios de Japeri e Nova Iguaçu.

Agência Brasil

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal