Porto Digital

Delegada Patrícia defende incentivo ao empreendedorismo para desenvolvimento do Recife

O assunto foi debatido na manhã desta segunda-feira (5), em uma visita ao Porto Digital, no Bairro do Recife.

A Delegada Patrícia (Podemos) participou, na manhã desta segunda-feira (5), de uma visita ao Porto Digital, no Bairro do Recife. O candidato a vice-prefeito, Leo Salazar, e o coordenador da campanha, o deputado federal Daniel Coelho, ambos do Cidadania, também acompanharam a agenda.

O presidente do Porto Digital, Pierre Lucena, apresentou um projeto da instituição para o incentivo à formação de jovens de escola pública para a área de Tecnologia de Informação. Também apresentou uma proposta de requalificação dos bairros do Recife e Santo Antônio. O plano do Porto Digital é fazer com que os bairros centrais do Recife sejam revitalizados para estimular a ocupação da áreas por moradores no edifícios existentes no centro.

“Nós queremos trazer moradia para o centro da cidade. Isso é importante tanto para o projeto do Porto Digital quanto para o centro do Recife. Também apresentamos um projeto de formação para os alunos de escola pública que podem vir a trabalhar no Porto Digital. É um programa de pagamento de bolsas em universidades privadas na área de tecnologia”, afirmou Pierre Lucena.

A candidata Delegada Patrícia em visita ao Porto Digital/ Foto: Tiago Calazans

Ver mais:

>> Delegada Patrícia quer retirar a capital do Consórcio Grande Recife

>> Delegada Patrícia Domingos pede à Globo que revise decisão de não promover debate

>> Delegada Patrícia anuncia revitalização dos mercados públicos do Recife

Após a reunião, Patrícia participou de uma sabatina on-line com empresários, transmitida pelo canal do YouTube do Porto Digital. Os representantes da instituição tocaram em pautas como economia criativa, participação feminina nos espaços de trabalho, inovação, cultura e transporte.

A candidata Delegada Patrícia em visita ao Porto Digital/ Foto: Tiago Calazans

Patrícia reafirmou seu projeto de incentivar a parceria com as empresas para o desenvolvimento do Recife.

“Sou a favor do estado mínimo. Precisamos desinchar a máquina municipal e fazer parcerias público-privadas para a gestão poder focar no que é realmente necessário. É preciso criar um ambiente para tornar o Recife a cidade amiga do empreendedor. Precisamos dos empreendimentos para tocar projetos que geram melhora de vida da população de forma econômica e eficiente”, comentou Patrícia.

Da redação do Portal com informações da Assessoria da Delegada Patrícia

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com