Trabalho

Nordeste gera mais de 60 mil empregos em agosto

A região ocupou a segunda posição no ranking da criação de novos postos de trabalho.

Um balanço feito pelo governo federal, divulgado na última quarta-feira (30), mostrou que o Nordeste gerou 62.085 empregos no mês de agosto. Com isso, a região Nordeste foi a segunda do Brasil a registrar novos empregos com carteira assinada.

Em primeiro no ranking foi o Sudeste, com 104.702. O Sul aparece em terceiro lugar (+42.664), e em seguida aparece o Norte (+22.272), e a região Centro-Oeste (+17.684). No total, foram 249.338 novos postos de trabalho formal criados no País.

De acordo com o Ministério da Economia, São Paulo liderou o ranking das unidades da federação, com 64.552 novas vagas. Em seguida, aparece Minas Gerais (+28.339), e Santa Catarina (+18.375).

Em agosto, foram 1.239.478 admissões e 990.090 desligamentos, segundo dados do Novo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Novo Caged).

“Estamos anunciando a maior geração de empregos de agosto desde 2010”, disse o ministro da Economia, Paulo Guedes.

Leia também:
>>>Brasil registra a criação de quase 250 mil novos empregos em agosto
>>>Paulo Guedes: “Brasil volta aos trilhos com criação de empregos”
>>>Em Pernambuco, nova fábrica de estofados vai gerar 250 empregos na Zona da Mata Sul

Setores da economia

A Indústria foi o setor que mais registrou empregos formais gerados, com 92.893. Em seguida, aparece a Construção (+50.489), Comércio (+49.408), Serviços (+45.412), e Agropecuária (+11.213).

“Tivemos a criação de novos empregos em todas os setores da economia. Foi abrangente. Um movimento generalizado. Não é um bolsão. Nós superamos aquela fase que eu dizia que estávamos tentando manter os sinais vitais de preservação da economia brasileira”, disse Guedes.

 

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com