Novo Visual

Manuela D’Ávila adota visual conservador em campanha à Prefeitura de Porto Alegre

A candidata do PCdoB retirou os símbolos da foice e do martelo, característicos do comunismo e adotou um visual conservador.

A candidata à Prefeitura de Porto Alegre-RS, Manuela D’Ávila (PCdoB), surpreendeu a todos com a divulgação de sua campanha, com a retirada de símbolos caraterísticos do comunismo e após adotar um visual mais conservador.

Visivelmente diferente do que vinha se apresentando, Manuela adota uma postura com roupas em tom sóbrio, sem o vermelho característico, e também com um corte de cabelo curto estilo chanel, que chegou a ser comparado ao da primeira-dama Michelle Bolsonaro.

A propaganda perdeu seu principal símbolo, a foice e o martelo típicos do regime comunista que o partido defende.

Nas redes sociais, eleitores apontaram a mudança radical de imagem e até mesmo de discurso, que agora soa mais moderado, assim como a aparência da candidata.

Ver mais:

>> Convocada, Manuela D’ávila dará explicações sobre contato com hacker

>> Manuela afirma não saber por que foi procurada por hacker

Pesquisa

Nesta terça-feira (23) foi divulgada a primeira pesquisa oficial, registrada junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sobre a disputa pela prefeitura de Porto Alegre (RS), realizada pela RealTime Big Data.

O estudo mostra que a candidata do PCdoB, Manuela D’Ávila, lidera com folga as intenções de voto com 21%. São dez pontos a mais que o segundo colocado, José Fortunati (PTB), que tem 11% das intenções de voto. Na capital gaúcha, o PT abriu mão da cabeça de chapa para fechar uma aliança com Manuela, emplacando Miguel Rosseto como candidato a vice.

Em terceiro lugar, mas em empate técnico com o segundo colocado, estão o atual prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan (PSDB), e Sebastião Melo (MDB), ambos com 10%.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com