Audiência

Justiça marca audiência de instrução de Sarí Corte Real para dezembro

Sarí foi indiciada por abandono de incapaz que resultou na morte do menino Miguel Otávio, de cinco anos.

O  Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE) marcou para dezembro a audiência de instrução da primeira-dama de Tamandaré, Sarí Corte Real, indiciada por abandono de incapaz após a morte de Miguel Otávio Santana da Silva, de cinco anos.

A audiência será no dia 3/12 às 9h. Na ocasião, Sarí será ouvida em interrogatório e as testemunhas indicadas pelo Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e pela Defesa também deverão ser ouvidas. Após a fase de instrução e julgamento, o MPPE e a Defesa apresentarão as alegações finais para em seguida, o juiz dirá sua decisão, se absolverá ou condenará a réu, Sarí.

Nas redes sociais, a mãe de Miguel, Mirtes Renata, agradeceu a todos que participaram da campanha para que Sarí fosse julgada.

“Venho agradecer a cada um que participou dessa campanha pedindo para que o pessoal da secretaria marcasse a audiência de Miguel. Quero agradecer a todos aqueles que enviaram e-mail, compartilharam, obrigada de coração a todos. Que Deus abençoe a cada um e vamos juntos em busca de justiça por Miguel”, falou Mirtes em vídeo.

Miguel faleceu no dia 2 de junho ao cair do nono andar do edifício Píer Maurício de Nassau, condomínio de luxo onde o casal Sarí vive com o marido, o prefeito de Tamandaré, Sérgio Hacker.

O menino estava sob os cuidados de Sarí enquanto Mirtes foi passear com a cadela da família. No apartamento, o menino chorava pela mãe e foi até o elevador, onde Sarí deixou que ele fosse sozinho em busca da mãe.

Ver mais: 

>> Prefeito Sérgio Hacker é lançado como candidato à reeleição, em Tamandaré

Deixe seu comentário

[gs-fb-comments]
WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com
Enviar Mensagem
Entre no Grupo de WhatsApp do Portal