Opinião

Vídeo: Sikera afirma que “é falta do que fazer” o sancionamento da lei de Visibilidade Lésbica

A Governadora petista do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, sancionou a Lei que será comemorada no dia 29 de agosto.

O apresentador do Alerta Nacional da RedeTV!, Sikêra Junior, criticou o sancionamento da Lei Estadual da Visibilidade Lésbica que passa a ser comemorado anualmente em 29 de agosto, e foi sancionada pela governadora petista do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra.

O projeto é de autoria da deputada estadual Isolda Dantas (PT). A nova lei, que institui a data, foi publicada no Diário Oficial desta terça-feira (22).

“Art. 1º  Fica instituído, no Calendário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, o Dia Estadual da Visibilidade Lésbica, a ser celebrado, anualmente, no dia 29 de agosto.

Art. 2º  Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.”, diz a lei.

O apresentador questionou se o sancionamento da Lei da Visibilidade Lésbica é “falta do que fazer?” por parte da governadora e perguntou se ela havia pago os atrasados. Segundo Sikera, a governadora quer “desmilitarizar”.

“Ela quer desmilitarizar, querendo transformar a Polícia em Guarda Municipal. Para aumentar a violência, né? Eu acho que é isso”, ironizou o apresentador.

Ver mais:

>> “Bando de covardes, ‘comunas’ safados”, diz Sikêra Jr. sobre OMS

>> Sikêra Júnior revela que pediu para morrer no 14º dia com coronavírus

>> Em entrevista a Sikêra Júnior, Mendonça critica “compras investigadas na Prefeitura do Recife”

A Lei vem repercutindo bastante nas redes sociais e chamando a atenção das pessoas. O vereador do Rio de Janeiro e filho do presidente Jair Bolsonaro, Carlos Bolsonaro, repercutiu e criticou a Lei.

“Ninguém deve ser valorizado por sua opção sexual, mas por seu caráter e competência!”, escreveu Carlos.

Foto: Reprodução

Veja o vídeo:

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com