Sinceridade

“Se eu abrir, eu não recebo R$ 1,3 milhão”, diz prefeito petista sobre abertura do comércio

A declaração do prefeito foi dada durante um evento.

O prefeito petista do município de Concórdia, no Pará, Elias Guimarães Santiago apareceu em um vídeo que circula nas redes sociais, explicando o motivo no qual continua optando sobre o isolamento social e o fechamento do comércio.

De acordo com Elias, se ele reabrir o comércio deixa de receber uma verba superior a R$ 1 milhão do Governo Federal.

“Se eu abrir eu não recebo R$ 1,3 milhão. Deixa eu receber, aí eu libero”, afirmou.

O prefeito se posicionou com relação às críticas que vinha recebendo sobre a demora da Prefeitura para reabrir o comércio. No vídeo, o petista expõe que precisa manter fechado para continuar com a quantia elevada de combate à pandemia.

Ver mais:

>> Para jornalista da Globo, corrupção nos governos do PT tinha “glamour”

>> Ex-secretário geral do PT é condenado na Lava Jato por corrupção passiva

>> Governo do PT do Piauí realiza transporte escolar em ‘pau de arara’ que provocou morte de criança

Veja o vídeo:

Em 2012, o Ministério Público do Pará (MP) tomou uma decisão sobre denuncias de irregularidades administrativas no município de Concórdia.

A  justiça determinou, por meio de  liminar, o afastamento do prefeito municipal, Elias Guimarães Santiago, da secretária de educação, Carmem Lúcia Guimaraes Santiago, do chefe de gabinete da prefeitura, Aluizio Guimarães Gonçalves, da Secretária de Administração, Alice do Carmo Moreno Cardoso, e do tesoureiro e chefe do Setor de Licitações e Contratos, Anderson Brito Matos.

Eles eram acusados pelo MP de uma série de irregularidades cometidas em compras diretas de materiais, licitações, favorecimento de empresas, entre outras acusações. Mas após o caso, Elias Santiago foi eleito para um novo mandato.

O governo federal desembolsou até o início de agosto R$ 275,14 bilhões para financiar as ações de combate ao novo coronavírus e de alívio dos reflexos da pandemia no país.

Esse valor corresponde a 53,95% do total do orçamento de R$ 509,97 bilhões já autorizados para gastos relacionados à pandemia.

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com