Repúdio

Políticos repudiam ato de vandalismo em escultura de Ariano Suassuna

A estátua apareceu quebrada na altura das pernas e caída no chão, nesta segunda-feira (21).

Políticos pernambucanos repudiaram o ato de vandalismo que aconteceu na estátua do escritor Ariano Suassuna, localizada na Rua da Aurora, região central do Recife. A estátua apareceu quebrada na altura das pernas e caída no chão, nesta segunda-feira (21).

A Autarquia de Manutenção e Limpeza Urbana (Emlurb) informou que a escultura foi depredada e que equipes verificam a extensão dos danos para providenciar o reparo.

O monumento de 1,8 metro foi feito pelo artistas plástico Demétrio Albuquerque e inaugurado em 2017. A obra foi instalada em frente ao Teatro do Arraial Ariano Suassuna, na Rua da Aurora.

Ver mais:

>> Iluminação de Olinda é depredada e roubada por vândalos

>> Albérisson Carlos critica pichações em outdoors de Bolsonaro no Recife

>> Igreja é vandalizada no Chile

O deputado federal Silvio Costa Filho (Republicanos), classificou o ato como uma “ação irresponsável” e afirmou que irá propor na Câmara dos deputados que aumente a pena para esse tipo de ação, no qual, classificou “irresponsável e criminosa”.

“Ação irresponsável. Patrimônio da nossa cidade, a estátua do escritor Ariano Suassuna foi depredada por vândalos. Precisamos cuidar da cidade e combater o vandalismo! Vamos apresentar, na Câmara, uma proposta que aumente a pena para esse tipo de ação irresponsável e criminosa”, escreveu o deputado.

Já o vereador do Recife, Augusto Carreras (PSB), criticou os vândalos em sua rede social e classificou o ato como injustificável.

“Absolutamente nada justifica o vandalismo ao patrimônio público. Muito menos a uma estátua do querido Ariano Suassuna, um homem que defendeu e representou tão bem a nossa cultura. Que os autores possam ser identificados para responderem criminalmente por esta bestialidade”, escreveu o socialista.

Veja Mais

Deixe seu comentário

WP2Social Auto Publish Powered By : XYZScripts.com